Em salvador
No pelourinho
Toda terça feira tem
A benção do olodum
Que rufa seus tambores
Agradecendo e pedindo paz
Vem gente da terra
E do mundo inteiro
Pra ver a festa do olodum
E todo mundo fica encantado
Com as batidas dos seus tambores
Não importa a crença
Não importa a cor
Aqui todo mundo é igual
Grita, canta, cai na dança
Com o olodum que nunca se cansa

De agradecer e pedir paz
De agradecer e pedir paz
Paz para o mundo
Paz para o mundo
Adailton teixeira

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir