exibições 1.746

terra a vista me junto a mista e inicio a exploração
dos mares nunca dantes navegados pela outra geração
mesmo tendo uma jangada como embarcação
faço o melhor possível trazendo vários pro meu nível
o profundo submundo que nem jaques coustou alcançou
esconderijo do tesouro que restou
do verdadeiro hip hop inteligente
que da valor a arte minha parte exige que eu represente
sempre a frente todo vapor a bombordo
só pesco o que me faz bem e afundo o que eu não concordo
meu objetivo eu ei de conquistar
inicio um motim com um prego como em amistad
quem duvidou quer vir a bordo mais vai andar na prancha
nosso império aumenta enquanto a sua ilha se desmancha
e melhor rezar por um milagre
pois nada afunda as rimas da nova escola de sagres

Refrão 2x
ataque cardíaco também mata
disputa sem talento zero a zero sempre empata
a pauta da reunião que não consta na ata
do submundo underground onde surge os pirata


fúria em alto mar tempestade metafórica
fugindo do que disse aquela versão histórica
fora da lei imposta pelo tirano
esquadrilha a postos a frente atacando
olha a explosão da bomba atômica sonora
que vicia todo mundo como fez a coca-cola
radiação na certa e boa não tem galho
truco doze no seu copa com o zap no baralho
corvo da plantação que expulsa o espantalho
preparado para dominar os sete mares
espalhando o censo de igualdade e justiça pelos ares
primeiro no Brasil em seguida pelo mundo
o pirata sem tesouro que surge do submundo
quando todos pensavam que ele já tinha tudo
clandestino no navio do hip hop que deixa o boca-aberta mudo
zorack pede licença com seu jeito largado
com bem mais atitude que qualquer engravatado
se acha pouca bosta então pega e compara
transborda o pinico aqui e a banca rima-rhara
mista e dr estranho a rima sem descanso
capitão que implantou o microfone no lugar do gancho
portanto ta escuro o que quero eu alcanço

Refrão 2x

de leste a oeste o gatilho que propaga a peste
do hip hop com a idéia que não se compara
venon de verso em palavra o canhão dispara
riscando o fósforo eu acendo o pavil
explorando tudo a minha volta de cima do navio
como pirata da perna de pau
que domina os sete mares com seu olho de vidro e sua cara de mau
original não tem igual
mudando falsos mc´s de vertical para horizontal
com minhas rimas que cortam pulsos e testículos
dos caras que vão fazendo papel de ridículo
e eu assumo compromisso
ascendência mista iniciando sua carreira
se preocupando apenas em não falar besteira
gostem ou não eu faço as coisas da minha maneira
afiliado a rima-rhara profissão letrista
venon especialista do ascendência mista

Refrão 2x

acorrentado no navio ouvindo "remem, remem"
sinto fome, medo e num calafrio meu corpo inteiro treme
a mão calejada segurando o remo
sonhando em conquistar a liberdade de um modo extremo
prefiro andar na prancha e nadar com os "tubarões"
sou pirata mas não sou caolho
tive dread mas nunca tive piolho
não sou lock não caçar baleia mobb dick de bodoque
mas fique esperto e não se invoque
vou misturar no meu enredo Peter Pan e Dr. Spok
e pra você me entender melhor eu vou lhe dar um toque
em condições normais de pressão e temperatura isso aqui e hip hop
pra ouvir no nível do mar
ou em qualquer dimensão estelar
nas ruas e nos lares ou nos bares do cais
onde todo bom pirata toma rum aos milhares
e não da um sorriso jamais

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog