exibições 46

Pequenas gotas de chuva caem sobre meu rosto
Embaçando a visão
Tudo ao meu redor vai se tornando fosco e falho como um filme antigo
Por que será que essa sensação me tomou inteiro?
Todo o tempo é inquieto, mas silencioso

Solidão que não compensa
Mas minha outra opção não está aqui
E esse tempo que não passa
Vai tirando o ar que me restou pra sentir o tédio

E esperar pelo sol atrás das nuvens
Revirar meu quarto atrás de cartas e flores bobas
Quantas coisas eu vou ter que esquecer até o fim da chuva trazer você?

Vetos fortes e frios batem nas minhas costas
Me empurrando pra qualquer lugar
Um destino vazio, incerto, através de um caminho que eu não quis seguir
Cenas velhas se repetem na minha memória
Canções que eu nunca fiz questão de ouvir
Previsível e chato como algum livro clichê que eu já li
Flores sobre as prateleiras que já secaram e vão morrendo enquanto eu tenho que

Esperar pelo sol atrás das nuvens
Revirar meu quarto atrás de cartas e flores bobas
Quantas coisas eu vou ter que esquecer até o fim da chuva trazer você?

Solidão que não compensa
Mas minha outra opção não está aqui
E esse tempo que não passa
Vai tirando o ar que me restou pra sentir o tédio

E esperar pelo sol atrás das nuvens
Revirar meu quarto atrás de cartas e flores bobas
Quantas coisas eu vou ter que esquecer até o fim da chuva trazer você?

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog