exibições 3.867

O Calimero E A Abelha Maia

Cebola Mol


Este e o tema que e quase um hino...que e quase um hino nos bares
toda a gente sabe toda a gente conhce e toda agente ouviu falar
E e o hino de jaimão, desculpem la qualquer coisinha:

E Abelha Maia Cuidado eu sou Calimero
E abelha Maia cuidado eu sou Calimero

E o meu nome e Calimero
Gosto muito da Abelha Maia
E tudo o que eu quero e ripar-lhe a saia

Ohhhhhh a Abelha Maia eu sou o Calimero
Ve-se ripas da saia e me das tudo o que eu quero
Ohhhhhh a Abelha Maia eu sou o Calimero
Ve-se ripas da saia e me das tudo o que eu quero

E vai
Ha num pais cheio de cores
Nasceu um dia uma abelha
Bem conhecida pela amizade, pela alegria e pela vontade
E ei-lo que surge pretinho como so ele
Vira-se para ela e diz
"Maia e una enjustixa, eeehhh Maita me da tu coñita"
E faz ela:
"Bzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz"

E o Calimero foi a cona a Abelha Maia
Veio-se esporrou-se, sujou-lhe a saia
Maia puta do caralho
Fode, fode sem parar

O Calimero foi a cona a Abelha Maia
Veio-se esporrou-se, sujou-lhe a saia
Maia puta do caralho
Fode, fode sem parar

Canal 18:
El Calimero foi al coño a la Abalha Maia
Se beio esporro-se, soyo-lhe la saia
Maia vaca de la poia
Fuede, fuede sem parar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog