Se Eu Não Te Cantar

Fabricio FBC


Se eu não te contar, você nunca vai saber de mim
Mas se eu não te contar, não vá perguntar por aí, por aí
Se eu não te contar, claro, você nunca vai saber de mim
Mas se eu te contar, não vá espalhar por aí, por aí
Se acaso eu contar, se acaso eu perceba que eu deva ao menos falar de mim
Você vai ter que ouvir e, mesmo assim, não vai saber de mim, saber de mim

Pra onde que todos lugares e bares e praças
Viadutos e ruas levavam a você, me levavam a você
Eu estava em tudo que é luta de classe e de causa
O incrível é que em todas eu via você, eu via você
Então se eu te trombar num bar, numa esquina que seja
Eu vou te levar pra dançar, servir meu copo de cerveja
E você vai dizer que tudo que eu faço e digo
É pensando em mim, pensando em mim
Quase que eu fui além de machista e arrogante
Em pensar que ao menos você precisasse de mim, quem precisa de mim?

Mas se eu não te contar
Se ao menos achar que não deva ou precise falar
Sobre minha verdade, você certamente será
A pior pessoa pra mim, pra mim
Mas se eu não te contar
Se ao menos achar que não deva ou precise falar
Sobre minha verdade, você certamente será
A pior pessoa pra mim, pra mim

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog