Sexo, Cocaína e Assassinatos

Fabricio FBC


Sexo, cocaína e assassinatos
Sexo, cocaína e assassinatos
Sexo, cocaína e assassinatos
Sexo, cocaína e assassinatos

Sexo, cocaína e assassinatos
Sexo, cocaína e assassinatos
Sexo, cocaína e assassinatos
Sexo, cocaína e assassinatos

As ruas estão cheias de safados
O morro está cheio de safados
A polícia está cheia de safados
(É, vamos quebrar esses safados)

Carro preto, chave preta
Prata brilha muito
Noite tensa
Vidro fumê
Vi do filme
Isso, filme
Tá tranquilo então é isso, fume

Cocaína é guerras!
Cocaína é grana!
Misture isso com sexo
Esse é o clima das ruas

Sexo, cocaína e assassinatos
Sexo, cocaína e assassinatos
Sexo, cocaína e assassinatos
Sexo, cocaína e assassinatos

Sexo, cocaína e assassinatos
Sexo, cocaína e assassinatos
Sexo, cocaína e assassinatos
Sexo, cocaína e assassinatos

Quem tá no morro, ou tá ali perto
Não tem heliponto e nem tem heliporto
Não vejo hospital, é tão natural
Que só ele, o pobre
Que enterre ele morto

Sexo, cocaína e assassinatos
Assaltos cruéis
Se acostume, é de enjoar
Nosso Bom Ar é maconha e lança-perfume
É assim que vivemos e morremos
Á margem dos dias de hoje
Não me aponte culpados
As ruas odeiam os X9's
E adoram Wagner Montes
E adoram Mauro Tramonte
Isso é um paradoxo
Mano, isso é Belo Horizonte!

Sexo, cocaína e assassinatos
Sexo, cocaína e assassinatos
Sexo, cocaína e assassinatos
Sexo, cocaína e assassinatos

Sexo, cocaína e assassinatos
Sexo, cocaína e assassinatos
Sexo, cocaína e assassinatos
Sexo, cocaína e assassinatos

De garupa em garupa
Vagabundas assim? Esqueça
Faz qualquer um cair de nariz
Faz qualquer um perder a cabeça
De assalto em assalto
Vagabundos assim? Esqueça
Me diz qual bandido que mete as badoca
Pras rixa de coca na sexta

Na capa do caderno? Oh dó
Sei do medo que o corre dá
Garanto inimigos vão cair, no caso do meu dedo escorregar
É que o crime é que nem mulher
E uma hora vai me matar, ou vai me prender ou me levantar
(Relações estão jogadas e eu não quero errar)

Querem ser Pablo, el Chapos
Quem são, quem? São Fábios
Tensão com, são fracos
Atiram todos de olhos fechados

Zerando dívidas, esse é o jogo das ruas
Zerando dúvidas, esse é o jogo da vida
Sempre de olho nas vias (sempre)
Por via das dúvidas
Eu tenho as duas nas veias
Porque tem meu sangue pelas ruas!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog