Foto do artista U.D.R.

Bonde da Depressão

U.D.R.


De dentro desse poço escuro e fedorento
Eu não sinto mais nada alem de dor e sofrimento
Pra você o mundo é rosa, bonito e multicor
Meu mundo é podre e cinza como a dor
Invólucro Humano, vazio por dentro
Não tenho mais espaço para tanto sofrimento
Ouça o que eu digo, comece a chorar
No bonde da depressão, pra se auto mutilar
Bonde da depressão, estragou meu coração
O centro de minh'alma apodrece a cada dia
Nessa triste estrada chamada agonia
Preste atenção no que eu tenho pra falar
Se você quer depressão, é aqui que vai achar
A massa grunge é fraca e não agüenta a dor
Corta pulso, usa droga, camisa de lenhador
Ouve Nirvana, ouve Pearl Jam
E quando o bicho pega apela pro Alice in Chains
Quer saber o motivo de tanto sofrimento?
Vou contar uma historia de quando eu era um rebento
Aos 7 anos meu destino era incerto
Viajei com minha família pro sítio do tio Humberto
Tio Humberto era um velho muchibento
E chamou os seus amigos para rir de meu tormento
Me trancaram num curral com muralhas de cimento
E eu fui gang bangeado por 23 jumentos
Pode até não parecer, mas é essa a verdade
O que pra você é drama, pra mim é realidade
Toda essa desgraça que cobre o meu ser
Não eh mais um motivo para eu tentar morrer
Nem a morte me trará a solulção
Meu castigo é a vida, caminhar sem direção
Quando eu morrer, não precisa preocupar
Meu corpo sem vida não vai te atrapalhar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir