Foto do artista U.D.R.

Bonde do Amor Incondicional

U.D.R.


Amor, eu sinto a falta de você
Deitar no seu colo e ver o anoitecer
Trocando carícias e juras de paixão
Fumando maconha e adorando o cão

Sem você, estou incompleto
Sem destino, tudo é incerto
Não consigo viver sem tua carícia
Gostava de te ver trocando tiro com a polícia

De mãos dadas, com você
Seu rosto na luz do entardecer
Do alto do mirante, te vejo no céu
Ouço as coisas que tu fala quando tu fuma beréu

De noite, no meu quarto, só penso em nosso amor
Você é uma deusa, fina flor
Você é uma cadela, minha puta
Brincando de roleta russa

No cemitério, uma cova
Amor de verdade, à toda prova
Te ponho na água quente pra tua pele amolecer
Te dou mais dez buracos pra aumentar nosso prazer

Gozamos juntos, fumo a pedra
As folhas da bíblia enrolam a erva
Te amo até o fim, é assim que vai ser
Te uso como escudo se a polícia aparecer

Você ficava linda enchendo a cara de conhaque
Chupando executivos em troca de crack
Sou só mais um cara apaixonado
Que fode defuntos mutilados

Em cima da cama, um cafetão
Que entra rasgando, sem perdão
Vou te bater, vou mutilar
Se tu for, eu vou atrás

Espero que entenda a empolgação
Chutei o teu ventre com razão
Chuta primeiro, pergunta depois
Você estava prenha, morreu por dois

Verdade do amor, branco no espelho
Sujo de sangue, de vermelho
Você me pôs em desespero
Enterro, esquartejo ou fumo os pêlos?

Era o destino, estava traçado
Nós fomos amaldiçoados
Pela urgência de sofrer
Você pagou o pato, era pra ser

Você queria o filho, a liberdade
Mas, infelizmente, era tarde
Veja você, como coincide
Aborto no bicudo ou no cabide

Aborto no bicudo ou no cabide

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir