Pega esse cacete mole que eu transformo num bambu
Pra curtir a U.D.R., tem que andar com pau no cu
Nóis te leva pr'uma gruta e desmaia com dramin
Pra cobrir você de porra e te chamar de curumim

Bebe o sêmen do carvão, do barney, do aquaplay
Hidratando sua pele num grande bukkake gay
Vai na boca, vai no olho, festa da ejaculação
Se o gosto não agrada, tu tempera com limão

Bonde louco do bukkake, porra dentro do nariz
Hora do suco de pica é a hora mais feliz
Se o esperma entra no rabo e a pica não encaixa
Faz uma espuma branca que tem cheiro de borracha

Pega esse cacete mole que eu transformo num bambu
Pra gostar a U.D.R., tem que andar com pau no cu
Nóis te leva pr'uma gruta e desmaia com dramin
Pra cobrir você de porra e te chamar de curumim

Não quero te ouvir dizer
Dessa porra eu não bebo
Finja que eu sou Jesus e trepa no meu pau de sebo
Tanto faz se é mulato, loiro ou caucasiano
Sou o seu ricardo macchi, vem mamar no seu cigano

Essa porra é viscosa, tem gosto de quero-mais
Não se esqueça que sua mãe já bebeu porra do seu pai
Se isso te deixou com nojo, então me escuta bem
Porque sua namorada já bebeu porra também

Pega esse cacete mole que eu transformo num bambu
Pra gostar a U.D.R., tem que andar com pau no cu
Nóis te leva p'ruma gruta e desmaia com dramin
Pra cobrir você de porra e te chamar de curumim

Essa é a dança do bukkake, pegajosa e ofensiva
Seus girinos do amor vão nadar na minha saliva
Com a porra da U.D.R. não se perde, só se ganha
Bukkakão 2005
E que venha a Alemanha!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir