Sou o MC Carvão e nunca fico na boa
Surfando nos freebase com umas seis mendiga louca
Churrasco com bacon, Jim Beam à vontade
Gigolô autodidata nunca perde a majestade

Sou o pior da cidade e nunca deixei de ser assim
Bato em toda a sua família pra fazer as gata rir
Uso seu intestino grosso pra fazer um daiquiri
Dou bom dia pra sua mãe e ela já quer dar pra mim

Voltei pior que ontem sou o terror do futuro
As minhas rimas são letais e a sua mente eu estupro
Pior que o oxi, forró e o pagode universitário
Vacilões estão fodidos, minha pica arromba otários

Satã é meu amigo, brother lá da facu
Curte baseadinhos e mergulhos na cachu
Me diz o seu futuro, olha que maravilha
Você tá com sorte, vou matar sua família

UDR tá de volta, todos shora
Estuprando Cristo e entrando na história
Tá chovendo porra de macaco agora
Tá chovendo porra de macaco toda hora
UDR tá de volta, todos shora
Estuprando Cristo e entrando na história
Tá chovendo porra de macaco agora
Tá chovendo porra de macaco toda hora

MS Barney voltou no tempo pra fazer um major quist
Tentei matar Jesus mas não deu pois Jesus não existe

Quando eu vi teu brioco moleque pus a língua no seu cu frouxo
Minha língua subiu tão alto que senti o gosto do seu arroto

Chora moleque playboy e deixa eu mostrar o meu samba
Encontrei sua mãe num umbral, numa orgia de pura quimbanda

Arrumei uma pedra mística, pra lá de Avalon viagei
Ao ver um duende mongol eu não só vi como capturei

Sua subaqueira dá ocre, seu corpo exalava pecado
Transei com meu próprio pai para te provar que eu não sou viado

Se você acredita em tabu eu te soco no cu o meu toten
[trecho em alemão]

Vacilei no primeiro encontro, te levei lá pro mato febroso
Você implorou pela vida mas depois de morta gozou mais gostoso

Beijei minha avó na boca, meu avô entrou em desespero
Acho que na minha família estou banido do próximo enterro

(Sabe, nem é viadagem. Na verdade, hein, é só uma amizade misturada com sacanagem.)

UDR tá de volta, todos shora
Estuprando Cristo e entrando na história
Tá chovendo porra de macaco agora
Tá chovendo porra de macaco toda hora
UDR tá de volta, todos shora
Estuprando Cristo e entrando na história
Tá chovendo porra de macaco agora
Tá chovendo porra de macaco toda hora

O nome é Aquaplay, ocupação é professor
Meu cérebro te esmaga feito um rolo compressor
Puta, dizem por aí que eu sou satanista
Quase isso, satirista, é o Satanás quem me pratica

Eu não desenho pentagrama porque não tem ponta suficiente no penta pra segurar minha onda

Desço seu rabo melado quando penso e falo difícil
Minha religião venera o seus orifícios
Seja meu capricho, transe comigo no lixo
Tomando LSD e manchando (?) ao som do Carrapicho
Descobrimos um novo nicho, fetiche por César Maurício
O cara do Virna Lisi -- aff meu, cê não sabe nada?

Quando Deus me desenhou com a caneta cor-de-rosa
A caneta escorregou e a minha pica ficou grossa
Ninguém mais pode falar nada -- aff meu, que saco
Quero cheirar MDMA e beber porra de macaco

(Ô tio Orlando, tio Orlando... Por que que eu tenho que colocar esse dedo estranho na boca?)

UDR tá de volta, todos shora
Estuprando Cristo e entrando na história
Tá chovendo porra de macaco agora
Tá chovendo porra de macaco toda hora
UDR tá de volta, todos shora
Estuprando Cristo e entrando na história
Tá chovendo porra de macaco agora
Tá chovendo porra de macaco toda hora

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir