exibições 88.327

Imagine um menino na terra de Lo-debar
Filho de príncipe, neto de rei
Aleijado de ambas as pernas sem poder andar
Como ele se movia, até hoje eu não sei.
Esquecido, pois sua história toda se acabou
Vivendo de favor na casa de Maquir
Quem sabe os seus sonhos de adolescente, um dia ser rei
Foram frustrados e acabaram por ali.

Lo-debar significa terra de esquecimento
Mefibosete, nascido pra destruição
Aleijado de ambas as pernas, que sofrimento!
Não tinha pai, mãe, avós, e nem irmãos.
Sua vida foi marcada por traumas tão cruéis
Seus problemas ninguém podia solucionar,
Mas um dia chegou uma carruagem
E disse alguém: vem comigo, o rei mandou te chamar!

E quando o rei manda chamar
A história muda pra melhor
Alguém fica perguntando:
- Esse é Mefibosete Aquele lixo Aquele pó
Mas é do pó que Deus levanta
E põe na mesa pra com o rei comer
Levanta a mão e glorifica, irmão querido acredita
Hoje aqui é com você!

Introdução

Alguém disse que você está esquecido
Vivendo na terra de Lo-debar também,
Nada diferente acontece contigo
Você não vê nada, não vem te visitar ninguém.
Tua vida está cheia de traumas tão cruéis
Os teus problemas ninguém consegue solucionar,
Mas abre os olhos porque chegou uma carruagem
Ouça uma voz dizendo: ?O Rei mandou te chamar!?

E quando o rei manda chamar
A história muda pra melhor
Alguém fica perguntando:
Esse é Mefibosete
Aquele lixo
Aquele pó
Mas é do pó que Deus levanta
E põe na mesa pra com o rei comer
Levanta a mão e glorifica, irmão querido acredita
Hoje aqui é com você!
Levanta a mão e glorifica, irmão querido acredita
Hoje aqui é com você!

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir