Tenho desejo de a ver em pranto
Magoá-la tanto com a minha ira
Que ela em soluços venha rastejando
Chorando e gritando tudo foi mentira

Tenho desejo de a maltratar
Vê-la chorar sua ingratidão
Tenho desejo de agarrar-me a ela
Chorar com ela sem lhe dar perdão

Tenho desejo de ofendê-la e magoá-la
Feri-la tanto na presença de outra gente
Que ela ofendida, triste e sem fala
Seja impotente pra dizer sou inocente

No meu acesso só desejo castigá-la
Espezinhá-la dando vaza ao meu desejo
Mas, entretanto, tudo que almejo
É enlaçá-la e sufocá-la num só beijo

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir