Na hora de dizer adeus
Meu coração manteve a classe
Mas a razão do amor perdeu-se
E o meu olhar gritou me abrace

Será que amar é isso só?
Castelos de ilusão na neve
Por que meu Deus que nasce o Sol?
Pra derreter amor tão breve

Eu vi você sair sem tentar impedir
Fui até onde podia, a porta
A rosa na lapela, de fato ainda é bela
Mas não cresce nunca mais, tá morta

Eu era um ribeirão
Rolando pelo chão
Você foi a chuva clara, na lama
Caía sobre mim
Sem saber de onde eu vim
Amor quando é demais derrama

Pra cada um de nós
Faltou uma palavra
Uma palavra só perdão
Agora é conviver
Com o que restou em casa
Uma palavra solidão

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir