Foto do artista Amanda Wanessa

Nunca Foi Sorte, Sempre Foi Deus (part. Mayra Carvalho)

Amanda Wanessa


Me perguntaram como sobrevivi
Me perguntaram como passei por tanto e não morri
É tanta discussão até reunião fizeram

E colocaram em pauta minha fé
Não sabem que pra eu estar de pé
Foi tanta luta, calúnia, noites escuras
E quando eu pensei que estava só

Ainda que o produto da oliveira minta
Ainda que os campos não produzam mantimentos
As ovelhas das malhadas sejam arrebatadas
Os currais também não hajam vacas

E seu descer e me esconder
E seu subir até o mais alto céu
E seu fizer do seol a minha cama
E se as asas da alva eu tomar
Até ali a tua mão me guiará

Nunca fui eu, sempre foi Deus
Nunca foi sorte, sempre foi Deus
Não tinham linhas tortas, tinha minha história
Escrita pelo dedo do meu Deus

Eu sobrevivi orando
Eu sobrevivi cantando
Me humilhei calado fiquei, Deus falou por mim
Me humilhei calado fiquei, Deus falou por mim
Eu sobrevivi orando, eu sobrevivi cantando
Me humilhei de joelhos fiquei, foi assim que eu venci

Eu vi que tua fraqueza, não te derrubou
Foi aí que o meu poder se aperfeiçou
Eu te sondo, te conheço
Oh meu filho!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir