A 1000 X Hora

Hay tantos pensamientos
que habitan mi cabeza,
y aún en silencio
no encuentro las respuestas
En esta noche fría
necesito de un abrazo,
a vuelto la bulimia
y me duele tanta confusión
debajo de la cama
me guardo una maleta
por si me da la gana
buscar independencia

Algunas veces pienso
que es mejor marcharme lejos,
dejar para mi madre
una nota en el espejo
No que no, que no,
que no, que no, que no
y pasan los días
y pasan las noches
uno a uno a mil por hora,
a mil, a mil por hora,
a mil, a mil por hora

Entre tantas miradas
busco el amor a ciegas,
alguien que sin palabras
me haga sentir princesa

Quiero vivir mi vida
siempre a corazón abierto,
y hallar una salida,
y dejar atrás el miedo
no que no, que no
que no, que no, que no...

A 1000 Por Hora

Há tantos pensamentos
Que habitam minha cabeça
E ainda em silêncio
Não encontro as respostas
Nesta noite fria
Necessito de um abraço
Volto para a bulimia
E me dói tanta confusão
Debaixo da cama
Eu guardo uma mala
Para se me der vontade
Buscar independência

Algumas vezes penso
Que é melhor partir pra longe
Deixar para minha mãe
Um recado no espelho
Não que não,que não
que não,que não,que não
E passam os dias
E passam as noites
Um a um a mil por hora
A mil,a mil por hora
A mil,a mil por hora

Entre tantos olhares
Busco um amor à cegas
Alguém que sem palavras
Me faça sentir princesa

Quero viver minha vida
Sempre de coração aberto
E achar uma saída
E deixar atrás o medo
Não que não,que não,que não
que não,que não

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts