L' Abitudine

l'abitudine

Tu, per quello che mi dai,
Quell'emozione in più,
Ad ogni tua parola...
Tu, probabilmente, tu
Sei stata fino a qui
Per troppo tempo sola,
Fino a convincerti, come me
Che si può stare da soli.
Perché la solitudine
Che non sorride mai,
Diventa l'abitudine
E non la scelta che tu fai
Ma ora che son qui
Il vento cambierà
E sembrerà più facile
Il tempo che verrà

La vita può sorprenderti
In tutto quel che fa
E dove non lo immagini
Incontri la felicità.
E sono qui con te
E non ti lascerò
Ti chiedo di fermarti qui
E stare insieme ate.
(e stare insieme a te)

Si, adesso ci sei tu
Nei sogni e nelle idee
Nell'imaginazione...
Tu, che sei vicino a me,
(così vicino a te)
Che sei parte di me
(così dentro di te)
Come una sensazione...
Sei le parole e la musica
Per una nuova canzone...

Perché la solitudine
Non si riprenderà
La voglia di sorridere
(ora, no...)
E la felicità
(se ci sei...)
Per quello che tu sai
(e lo sai...)
Per quello che mi daí
(anche tu...)
Per un amore semplice
Ma grande più che mai

E non è un'abitudine
Il bene che mi fai
(anche tu)
E l'allegria di viverti
(finché vuoi...)
Di averti accanto più che mai
E adesso siamo noi
(io e te)
Ci siamo solo noi
(solo noi)
Sicuri di non perderci
Di non lasciarci mai...

Un'altra solitudine
Non ci riprenderà
E tu non te ne andrai...
Mai

L' Abitudine

L' Abitudine

Você, por aquilo que me dá,
aquelas emoções a mais,
a cada palavra sua...
Você, provavelmente, você
Tem estado até aqui
por tanto tempo sozinha,
até se convencer, como eu
Que se pode estar só.
Porque a solidão
que não sorri nunca,
transforma-se no hábito
e não na escolha que você faz
Mas agora que estou aqui
O vento mudará
E parecerá mais fácil
o tempo que virá

A vida pode te surpreender
em tudo que ela faz
E onde você não imagina
Você encontrará a felicidade.
E estou aqui com você
E não te deixarei
Te peço para permanecer aqui
e estar junto a ti
(e estar junto a ti)

Sim, agora você está aqui
Nos sonhos e nas ideias
Na imaginação...
Você, que está junto a mim
(assim junto a mim)
Que é parte de mim
(assim dentro de você)
Como uma sensação...
Você é a letra e a música
Para uma nova canção...

Porque a solidão
Não se reencontrará
A vontade de sorrir
(agora, não...)
E a felicidade
(se você está...)
Por aquilo que você sabe
(e o sabe...)
Por aquilo que você me dá
(também você...)
Por um amor simples
Maior que nunca

E não é um hábito
O bem que você me faz
(também você...)
E a alegria de viver com você
(até quando quiser...)
De tê-lo perto mais que nunca
E agora somos nós
(eu e você)
Somos só nós
(só nós)
Seguros de não nos perdermos
De não nos deixarmos mais

Uma outra solidão
Não nos reencontrará
E você não partirá...
nunca

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir