Se eu pressentir
Que o nosso amor possa um dia acabar
Que o infortúnio pretenda matar
O nosso sonho invulgar

Converterei por nosso amor todo erro e razão
Eu saberei defender com ardor
Essa sublime paixão

Eis meu conceito em relação às intrigas banais
Puro despeito de quem sofre demais

Peço a você que junto a mim não se importe com o mal
Digo por que se vivermos assim teremos nosso ideal

Eis meu conceito em relação às intrigas banais
Puro despeito de quem sofre demais

Peço a você que junto a mim não se importe com o mal
Digo por que se vivermos assim teremos nosso ideal

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Edgar Luiz / Milton Silva. Essa informação está errada? Nos avise.