exibições 266

Ombro Amigo

As Galvão


Não quero que me conte seus problemas,
Seus olhos dizem tudo para mim
Percebo que na noite de seu peito,
A estrela da esperança teve fim
Não lhe farei perguntas indiscretas
Pra não lhe magoar ainda mais
Serei o lenço pra enxugar seu pranto,
Serei o desafogo de seus ais.

Se um dia lhe faltar alguém pra lhe escutar
Pode na sua dor contar comigo
Se um dia precisar de um ombro pra chorar,
Pode chorar no meu ombro amigo.

Amigo não é aquele que consola
E em troca quer ter a compensação
Amigo é quem dá e nada pede,
Sem como, sem por que, sem sim ou não
Nas horas mais amargas desta vida,
Uma palavra amiga pode dar
Nova esperança de seguir vivendo
Nova motivação para lutar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir