exibições 4.072

Voce Não Entendeu Nada

Badi Assad


Voce não entendeu nada
Minha língua não liquidifica
Minhas mãos não centrifugam
Minhas águas não inundam

Você não entendeu nada
Minha fome é muito mais que carne...
É algo alem no dentro que se abre
E me invade de infinito

Você cala e eu grito,
Você deita e eu levito,
Você nega e eu acredito,

Nós, os laços e os nós
Eu a vida e o vinho, a sós

Nós, os laços e os nós
Eu a vida e o vinho, a sós

Você não entendeu nada
No retrovisor das palavras
Na direção dos meus navios
Na intenção dos meus sorrisos

Pois eu não lhe pedi nada (nada, nada)
Que não pudesses me dar
Vou te contar beijos se podem dividir
Neste mundo de linguagens

Você côncavo e eu convexo,
Você rima e eu verso,
Você fica e eu atravesso

Nós, os laços e os nós
Eu a vida e o vinho, a sós

Você côncavo e eu convexo,
Você rima e eu verso,
Você fica e eu atravesso

Nós, os laços e os nós
Eu a vida e o vinho, a sós

Nós, os laços e os nós
Eu a vida e o vinho, a sós

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir