Life

Sur han jan ttag deuriki go neukkyeosseo
Sandaneun geon oeroumeur aragamui yeonsok
Jubyeone saramdeuri eolmana itgeon eoptgeon
Nae anui jageun naneun eonjena oerowosseo
Oeroumui bandaemareun wae eopseulkka
Sarameun jugeur ddaekkaji an
Oerour ttaega eopseoseoilji molla
Jubyeoni si kkeulbeokjeokhage
Neomchineun deuthadagado

Honjayeoya haneun sungani bandeusi chajawa
Yeah that’s a life
Urin wiheom soge sareo
I areumdaun sesangeul bor su itge doen daetgaro
Bangtanjokkido garodeungdo teunteunhan chado
Urir wanbyeokhi jugeumeurobuteo jikyeojujin mothajyo
Moduga taeeonan sunganbuteo

Jugeumeur damboro hagie
Salmeun deo areumdaun geot
Bicdo eodumi isseoya jinjeong bicideusi
Geochin pokpungu dwi haetsal bichideusi
Life, fall in love
Salmeun sarame sangcheobatgo
Barame oerowohago
We wanna be right
But always wrong

Urin teulligi wihae taeeonan geolkka
Eojjeom salmiran geureon geolkka
(Naeileun gwayeon eotteolji urin pyeongsaeng moreuji)
(I geonmuri muneojinda haedo pihar suga eoptji)
We tryna be bright
But always dark
Sal mankeum san geos gatado
Ajikdo moreuji

Sesangeun han jangui dekalkomani
Nae pyeon gatatdeon nomi deo
Akralhan jeogeuro byeonhagon haji
Jongi jeopdeus gwangyereur jeobeobeorimyeon kkeutnaneun il
Gyaen sunsikgane bandaepyeoneseo nar biutgo itji
Aju ttokgati, heona aiya hwanaer piryo eopseo
Eoneu bumoneun don ape seomyeon jasikdo eopseo
Urin taollaya hae. Sesangi neomu chagawoseo
Nugudo eollir su eoptge naega nar haehaljieonjeong

Eojjeom matgo teullin geos gateun geon eopseur ji molla
Hajiman uriga eonjena baeuge dwaetdeon geon nugungal
Balpgo, japgo, jiugo, miwohaneun geot
Fuck all the peace and love ara geugeon
Seonggongui cheonjeogin geol
Neomu dangyeonhadeusi
Ichiin yangtteo deullyeojineun jeo inyonggudeuri
Nar deo seulpeuge hae
Geureom mwohae na yeoksi malppuninde
Hannat nugungar seuchyeoganeun baram ppuninde

Life, fall in love
Salmeun sarame sangcheobatgo
Barame oerowohago
We wanna be right
But always wrong
Urin teulligi wihae taeeonan geolkka
Eojjeom salmiran geureon geolkka

Salgi wihae taeeonan geolkka
Jukgi wihae taeeonan geolkka
Salgi wihae taeeonan geolkka
Jukgi wihae taeeonan geolkka
Jukgi wihae saneun geolkka
Salgi wihae jukneun geolkka
Nae ireum wie buteun myeongchal
Geugeon salmilkka
Jugeumilkka

Who knows
Life, fall in love
Salmeun sarame sangcheobatgo
Barame oerowohago
We wanna be right
But always wrong

Urin teulligi wihae taeeonan geolkka
Eojjeom salmiran geureon geolkka
(Naeileun gwayeon eotteolji
Urin pyeongsaeng moreuji)
(I geonmuri muneojinda haedo pihar suga eoptji)
We tryna be bright
But always dark
Sal mankeum san geos gatado
Ajikdo moreuji

Vida (Rap Monster)

Tomei apenas 1 copo de soju e senti isso
Viver é consecutivamente consciência e solidão
Se você tem muitas pessoas a sua volta ou não
O pequeno eu dentro de mim está sempre solitário
Por que não há uma palavra que é o oposto da solidão?
(Por que não há?)
Seria porque as pessoas, até morrerem
Não possuem momentos sem ser solitários?
Mesmo que o nosso entorno seja barulhento

Nós precisamos encontrar momentos em que possamos ficar sozinhos
Yeah, essa é a vida
Nós vivemos em perigo
Pela recompensa que nos torna capazes de ver este belo mundo
Roupas à prova de balas, postes, e carros potentes
Até o momento em que morremos perfeitamente, não conseguimos proteger tudo.
Desde o momento em que tudo nasce

A vida é mais bela sabendo que
tomamos um empréstimo em caso de morte
Até mesmo a luz é mais valorizada quando há escuridão.
O sol aparece depois de termos passado pela tempestade
Vida, se apaixonar…
A vida fere as pessoas
E o vento é solitário
Nós queremos estar certos
Porém sempre errados

Nós nascemos para sermos errados?
A vida é algo desse tipo?
(No final, por toda a nossa vida não sabemos como será o amanhã)
(Mesmo que digamos que iremos derrubar esse edifício, não conseguimos evitar)
Nós tentamos ser brilhantes
Porém sempre obscuros
Nós ainda não sabemos se vivemos
A vida ao máximo

O mundo é uma decalcomania
Quem eu pensava estar ao meu lado, pode mudar e se tornar cruel…
Como dobrar um papel, um problema que acaba se nos relacionamos
Em um instante ele pode estar zombando de mim, do outro lado
É apenas o mesmo, mas garoto, não precisa ficar bravo
Alguns pais não têm filhos quando eles estão na frente de dinheiro
Temos que incendiá-lo, porque o mundo é muito frio
De modo que ninguém possa saber
Ao invés de fazer eu mesmo

Às vezes estamos certos, não sei se haverá um momento em que não pareça errado
Mas a coisa que todos aprendemos em algum momento foi
Como pisar em alguém, pegá-los, apagá-los, e odiá-los.
Fod*-se toda a paz e amor!
Eu sei que isso é o inimigo natural do sucesso.
Isso é óbvio demais…
A lógica acompanha sem opinar, essas frases tornam-se audíveis. Me deixando ainda mais triste.
Então o que estou fazendo?
Como esperado, só estou falando…
Mas é apenas uma brisa que sopra contra alguém.

Vida, se apaixonar…
A vida fere as pessoas
E o vento é solitário
Nós queremos estar certos
Porém sempre errados
Nós nascemos para sermos errados?
A vida é algo desse tipo?

Nós nascemos para viver?
Nós nascemos para morrer?
Nós nascemos para viver?
Nós nascemos para morrer?
Nós estamos vivendo para morrer
Ou morrendo para viver?
A placa de identificação com o meu nome
É a minha vida?
Ou é a morte?

Quem sabe?
Vida, se apaixonar…
A vida fere as pessoas
E o vento é solitário
Nós queremos estar certos
Porém sempre errados

Nós nascemos para sermos errados?
A vida é algo desse tipo?
(No final, por toda a nossa vida
não sabemos como será o amanhã)
(Mesmo que digamos que iremos derrubar esse edifício, não conseguimos evitar)
Nós tentamos ser brilhantes
Porém sempre obscuros
Nós ainda não sabemos se vivemos
A vida ao máximo

TLOriginal Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: J Dilla / Rap Monster. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por Mih e traduzida por Mih. Legendado por Lucas e Lucas. Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais posts