Blues Del Teléfono

Pronto amanece y aún sigo yo aquí,
observando las luces que se apagan frente a mí.
Será un día tan triste como ayer,
no he podido tenerte, mujer.

La fresca brisa ya me roza la nariz.
Las chimeneas ya escupen humo gris.
Marcaré tu teléfono otra vez,
esperando que te quieras poner.

(Solo)

Los semáforos ya no cambian de color.
Los autobuses ya no tienen conductor.
Marcaré tu teléfono otra vez,
esperando que al fin te pueda ver.

Blues do Telefone

Logo amanhece e ainda estou aqui
observando as luzes que se apagam em minha frente
Será um dia tão triste como ontem
Não pude ter você, mulher

A brisa fresca coça meu o nariz
As chaminés ja cospem fumaça cinza
marcarei seu telefone novamente
esperando que você queira por

(solo)

Os semaforos não mudam de cor
os onibus não têm condutor
marcarei seu telefone novamente
esperando que ao fim possa te ver

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Armando DeCastro / Carlos DeCastro · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Mario, Traduzida por Francisco
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.