Warmth

When the event happens
There is little time to think of those things
That people would like to have remain private
Getting caught up in the circus-like atmosphere
Feeling less responsible
To conventional ethical practices

Never good just the bad and the ugly
Laid in front of you
Nothing quite like seeing the world
Through the TV's window

Feeling helpless I look for distraction
I go searching for you, wandering through our city
To find some solace at your door
I can't stop thinking about it
I can't stop thinking about it
Tell me did you see the news tonight?

Hold me in this wild, wild world
Cause in your warmth I forget how cold it can be
And in your heat I feel how cold it can get
Hold me in this wild, wild world
Cause in your warmth I forget how cold it can be
And in your heat I feel how cold it can get
Now hold me close

So come on, let's forget the emotion
Tie the blinkers oh
Hold both hands right over my eyes
Deafen me with music
'Till we're lost in the heat of the moment
And I'm moving in you help me keep these hours alive
Help me chase those seconds

I just keep talking about it
But I'll do nothing about it
Tell me did you see the news last night

Hold me in this wild, wild world
Cause in your warmth I forget how cold it can be
And in your heat I feel how cold it can get
Hold me in this wild, wild, world
Cause in your warmth I forget how cold it can be
And in your heat I feel how cold it can get
Now hold me close

Hold me in this wild, wild, world

Hold me in this wild, wild, world
Cause in your warmth I forget how cold it can be
And in your heat I feel how cold it can get
Hold me in this wild, wild world
Cause in your warmth I forget how cold it can be
And in your heat I feel how cold it can get
So hold me close, hold me close

Calor

Quando o evento acontece
Há pouco tempo para pensar nessas coisas
Que as pessoas gostariam de ter permanecido privadas
Ficam presas na atmosfera de circo
Sentindo-se menos responsáveis
Para práticas éticas convencionais

Nunca fui bom, apenas o mau e o feio
Colocado na frente de vocês
Nada como ver o mundo
Através da janela da televisão

Sentindo-se impotente eu procuro distrações
Eu vou procurar por você, vagando pela nossa cidade
Para encontrar um pouco de consolo à sua porta
Não consigo parar de pensar nisso
Não consigo parar de pensar nisso
Diga-me se você viu o noticiário essa noite?

Me abrace neste mundo selvagem, selvagem
Porque no seu calor eu esqueço o quão frio pode ser
E no seu calor eu sinto o quão frio pode ficar
Me abrace neste mundo selvagem, selvagem
Porque no seu calor eu esqueço o quão frio poder ser
E no seu calor eu sinto o quão frio pode ficar
Agora me abrace

Então venha, vamos esquecer a emoção
Amarre a venda oh
Coloque suas mãos sobre meus olhos
Me ensurdeça com música
Até nos perdermos no calor do momento
E eu me proponho a manter essas horas vivas
Me ajude a ir atrás desses segundos

Eu continuo falando sobre isso
Mas eu vou fazer nada sobre isso
Diga-me se você viu o noticiário da noite passada?

Me abrace neste mundo selvagem, selvagem
Porque no seu calor eu esqueço o quão frio pode ser
E no seu calor Eu sinto o quão frio pode ficar
Me abrace neste mundo selvagem, selvagem
Porque no seu calor eu esqueço o quão frio pode ser
E no seu calor eu sinto o quão frio pode ficar
Agora me abrace

Me segure nesse mundo selvagem, selvagem

Me abrace neste mundo selvagem, selvagem
Porque no seu calor eu esqueço o quão frio pode ser
E no seu calor eu sinto o quão frio pode ficar
Me abrace neste mundo selvagem, selvagem
Porque no seu calor eu esqueço o quão frio pode ser
E no seu calor eu sinto o quão frio pode ficar
Então me abrace, me abrace

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Dan Smith · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Graziela, Traduzida por Lucas, Legendado por Matheus
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.