Ella

Ella se ha cansado de tirar la toalla
Se va quitando poco a poco telarañas
No ha dormido esta noche
Pero no está cansada
No miro a ningún espejo
Pero se siente to guapa

Hoy ella se ha puesto color en las pestañas
Hoy le gusta su sonrisa
No se siente una extraña
Hoy sueña lo que quiere sin preocuparse por nada
Hoy es una mujer que se da cuenta de su alma

Hoy vas a descubrir que el mundo es solo para ti
Que nadie puede hacerte daño
Nadie puede hacerte daño
Hoy vas a comprender que el miedo
Se puede romper con un solo portazo
Hoy vas a hacer reír porque tus ojos
Se han cansado de ser llanto, de ser llanto
Hoy vas a conseguir reírte hasta de ti
Y ver que lo has logrado

Hoy vas a ser la mujer que te dé la gana de ser
Hoy te vas a querer
Como nadie te ha sabido querer
Hoy vas a mirar pa'lante
Que pa atrás ya te dolió bastante
Una mujer valiente, una mujer sonriente
Mira como pasa
Ja
Hoy nació la mujer perfecta
Que esperaban a rotos sin pudores
Las reglas marcadas
Hoy ha calzado tacones para hacer sonar sus pasos
Hoy sabe que su vida nunca más será un fracaso

Hoy vas a descubrir que el mundo es solo para ti
Que nadie puede hacerte daño
Nadie puede hacerte daño
Hoy vas conquistar el cielo
Sin mirar lo alto que queda del suelo
Hoy vas a ser feliz aúnque el invierno sea frío
Y sea largo, y sea largo
Hoy vas a conseguir reírte hasta de ti
Y ver que lo has logrado

Hoy vas a descubrir que el mundo es solo para ti
Que nadie puede hacerte daño
Nadie puede hacerte daño
Hoy vas a comprender que el miedo
Se puede romper con un solo portazo
Hoy vas a hacer reír porque tus ojos
Se han cansado de ser llanto, de ser llanto
Hoy vas a conseguir reírte hasta de ti
Y ver que lo has logrado

Ela

Ela se cansou de jogar a toalha
Vai tirando pouco a pouco as teias de aranha
Não dormiu esta noite
Mas não está cansada
Não olhou nenhum espelho
Mas se sente tão linda

Hoje ela coloriu os cílios
Hoje ela gosta do seu sorriso
Não se sente uma estranha
Hoje sonha o que quer sem se preocupar com nada
Hoje é uma mulher que se dá conta da sua alma

Hoje vai descobrir que o mundo é só pra ela
Que ninguém pode lhe fazer mal
Ninguém pode lhe fazer mal
Hoje vai compreender que o medo
Pode acabar só com a batida da porta
Hoje vai rir porque seus olhos
Se cansaram de estar em pranto, de estar em pranto
Hoje vai conseguir rir até de si
E ver que conseguiu

Hoje vai ser a mulher que tem vontade de ser
Hoje vai se querer
Como ninguém a soube querer
Hoje vai olhar adiante
Que pra trás já a machucou bastante
Uma mulher valente, uma mulher sorridente
Olha como passa

Hoje nasceu a mulher perfeita
Que esperavam, quebrou sem pudores
As regras marcadas
Hoje calçou salto pra sonorizar seus passos
Hoje sabe que sua vida nunca mais será um fracasso

Hoje vai descobrir que o mundo é só pra ela
Que ninguém pode lhe fazer mal
Ninguém pode lhe fazer mal
Hoje vai conquistar o céu
Sem olhar como ficou alto do chão
Hoje vai ser feliz ainda que o inverno seja frio
E seja longo, e seja longo
Hoje vai conseguir rir até de si
E ver que conseguiu

Hoje vai descobrir que o mundo é só para ela
Que ninguém pode lhe fazer mal
Ninguém pode lhe fazer mal
Hoje vai compreender que o medo
Pode acabar só com a batida da porta
Hoje vai rir porque seus olhos
Se cansaram de estar em pranto, de estar em pranto
Hoje vai conseguir rir até de si
E ver que conseguiu

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: María de Las Nieves Rebolledo Vila. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por Carina e traduzida por Vitor. Legendado por Vitor. Revisões por 9 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais posts