Collocations: 6 músicas para te ajudar a aprender e fixar

Dicas de idiomas · Por Elaine Caroline

24 de Julho de 2020, às 12:00

É comum que, mesmo estudando muito um idioma, às vezes tenhamos a impressão de que não falamos de forma fluente e natural algumas frases ou expressões. 

Por isso que acreditamos que aprender inglês com música é a uma excelente forma para você se acostumar com a forma natural de se usar o idioma.

As collocations são algumas das grandes responsáveis por essa impressão, além de serem muitas. Mas é para isso que estamos aqui, não é mesmo? Para te ajudar a descomplicar o inglês com músicas! 🤓

O que são collocations?

Collocations são fenômenos que acontecem em toda e qualquer língua. Se duas palavras formam uma collocation, elas ocorrem juntas com frequência. “Mas até no português tem isso?”. Claro! Quer ver? Vamos lá:

Todo dia quando chego em casa, eu tomo banho e lavo meu cabelo.

E se eu falasse pego banho? Talvez você até entenda o sentido com algum esforço, mas não é assim que falamos naturalmente, né?

Isso é porque a palavra banho e o verbo tomar são as formas naturais de se descrever essa situação no idioma, ou seja, formam uma collocation. E como ficaria essa frase traduzida para o inglês?

Everyday when I arrive home, I take a shower and I wash my hair.

Baseado no mesmo princípio de naturalidade de como se fala, a forma fluida de expressar essa situação em inglês americano é utilizando o verbo to take + a shower ou, em inglês britânico, to have + a shower.

Nesses exemplos usamos verb + noun (to take / have + shower), mas temos outras categorias de collocations, ou seja, palavras que ocorrem juntas com uma certa frequência e que, por isso, tornam-se formas naturais de se falar. Take a look:

Adverb + Verb

Exemplo: I totally agree with him, he’s right! (Eu concordo totalmente com ele, ele está certo!)

Noun + Noun

Exemplo: She is the head teacher here. (Ela é a diretora aqui)

Adjective + Noun

Exemplo: You’re making a big mistake by saying that! (Você está cometendo um grande erro dizendo isso)

Adverb + Adjective

Exemplo: Megan was fully aware of the financial risk. (Megan estava completamente ciente dos riscos financeiros)

Idioms

Idioms são expressões cujo significado é diferente do significado de cada uma de suas partes. E como as collocations, elas ocorrem naturalmente juntas.

Por exemplo: to pull someone’s leg é uma expressão idiomática que significa fazer hora com alguém. Mas ela não pode ser to pull someone’s arm, ela precisa ser pull someone’s leg, nessa sequência, para ter sentido. 🙂

Exemplo de collocation: I set the alarm for tomorrow morning. (Eu ajustei o alarme para amanhã de manhã)

Exemplos de idioms/expressions: If we reduce their salaries it will set the cat among the pigeons (Se reduzirmos seus salários isso irá causar um grande descontentamento)

Para não ter mais essa dúvida, compilamos 12 músicas para aprender expressões idiomáticas em inglês.

Similes

Uma expressão que compara algo a alguma outra coisa usando palavras como like ou as:

Exemplo de similes: He is dealing great with this situation. He’s hard as a rock. (Ele está lidando bem com essa situação. Ele é duro como pedra).

Oh my! This dress fits you like a glove! (Oh uau! Esse vestido te vestiu como uma luva!)

Binomials e trinomials:

Quando temos duas palavras combinadas por and, or, in, by ou to temos uma binominal collocation. E quando temos três palavras, temos um trinominal collocation:

Exemplo de binominal: Relax, now we are safe and sound here! (Relaxa, estamos a salvos aqui!)

There’s a real risk here! It’s all or nothing! (Há um risco real aqui! É tudo ou nada!)

Exemplo de trinomial: Oh, I love 80’s music. Good old sex, drugs and rock and roll (Oh, Eu amo música dos anos 80. O bom e velho sex, drugs e rock and roll)

We have three sizes: small, medium or large (Nós temos três tamanhos: pequeno, médio e grande).

Euphemisms

Quando queremos suavizar ou diminuir o peso da conotação de uma expressão, usamos os eufemismos:

Exemplo de euphemism collocation: So sad, he passed away so young! (Tão triste, ele passou dessa para uma melhor tão cedo) 

Usamos a expressão em negrito em vez de died, que pode conter uma conotação pesada e triste demais da situação.

Importante: Quando euphemisms são como o exemplo acima, eles ocorrem naturalmente e frequentemente juntos. Logo, precisa ser pass + away, se trocar qualquer uma das palavras muda todo sentido e deixa de ser euphemism e muda o sentido completamente.

Catchphrases

São como bordões, que sempre ocorrem juntos e, por isso, acabam se tornando collocations também. 

Exemplo de catchphrases: It’s like Spock would say: live long and prosper! (É como Spock diria: vida longa e próspera!)

Proverbs

Exemplo de proverbs: In this situation you have the best of both worlds! (Nessa situação, você tem o melhor dos dois mundos!)

I don’t have any proof. I prefer give the benefit of the doubt. (Eu não tenho nenhuma prova. Eu prefiro dar o benefício da dúvida)

E, claro, não temos apenas uma forma de fazer collocation com as palavras. Existem várias combinações que são possíveis e naturais.

Mas agora chega de matéria. Vamos ao que interessa?

6 músicas para aprender collocations

Separamos as melhores músicas para você entender e perceber como as collocations estão no dia a dia da forma natural e fluente de se falar inglês. Let’s go?

Like a Stone — Audioslave

Em Like a Stone, temos um exemplo clássico de collocation de verb + preposition e similes:

I’ll wait for you there
Like a stone
I’ll wait for you there
Alone

Podemos ver que ela faz alusão a ideia de I’ll wait for you there (Eu vou esperar por você lá) Like a Stone (Como uma pedra). Quando temos essa comparação, com a palavra certa, temos um tipo de similes.

Perfectly Wrong — Shawn Mendes

Na fofíssima Perfectly Wrong, Shawn Mendes faz uso de uma collocation de um adverb + adjective

All the stars in the sky could see
Why you’re perfectly wrong for me

Dica: essa música também tem um WH-question, consegue identificar? Caso tenha dúvida, juntamos 4 músicas para você entender as wh-questions.

A Hard Day’s Night — The Beatles

Em A Hard Day’s Night, temos dois exemplos de collocation: adjective + noun e similes

It’s been a hard day‘s night
And I’ve been workin’ like a dog
I should be sleepin’ like a log

It’s Now or Never — Elvis Presley

It’s Now or Never é um clássico do mundo do rock. O que talvez você ainda não tenha percebido é que o título dela é uma binominal collocation perfeita:

It’s now or never
Come hold me tight
Kiss me my darling

Save Room — John Legend

Em Save Room, John Legend faz uso da collocation verb + noun:

Save room for my love
Save room for the moment to be with me

Fast Car — Tracy Chapman

Já na primeira estrofe de Fast Car, podemos perceber que Tracy Chapman usa duas collocations: a adjective + noun e a verb + noun:

You’ve got a fast car
I want a ticket to anywhere
Maybe we can make a deal

Teste seus conhecimentos sobre collocations

Continue aprendendo inglês

Tem alguma dúvida em alguma matéria? Calma, estamos aqui para te ajudar e compilamos 11 posts que vão te ajudar a aprender inglês com música!

Lá você vai conseguir achar os posts específicos para cada assunto que você tem dúvida. E, melhor, sempre com muuuita música para você aprender se divertindo!

Posts par aprender inglês

Receba os melhores posts do blog em seu e-mail

Assine a newsletter gratuitamente e descubra mais sobre o mundo da música


Por favor, insira um e-mail válido.

Obrigado por assinar a nossa newsletter! 😊

Ops, rolou um erro na inscrição. Tente novamente mais tarde.