As melhores músicas do padre Marcelo Rossi

Listas musicais · Por Camila Fernandes

18 de Maio de 2020, às 12:00

Ele é o padre mais conhecido do Brasil e foi um dos primeiros a levar a música católica para as telinhas. Hoje, com 52 anos de idade e 18 de sacerdócio, padre Marcelo Rossi segue firme na missão de evangelizar pelos meios de comunicação. 

Padre Marcelo Rossi
Créditos: Divulgação

Foi por meio desse trabalho que ele conquistou o sucesso na música e hoje tem várias canções famosas, dentro e fora das igrejas. Além disso, ele também é conhecido pelas missas extremamente musicais e animadas — por exemplo, com o famoso Pai Nosso cantado.

Nessa longa estrada, padre Marcelo também já gravou várias músicas de outros artistas, e algumas ficaram tão famosas que muita gente pensa que são dele mesmo! Podemos até apostar que você não vai saber diferenciar quais músicas são originais e quais são regravações. 😅

E aí, preparado? É hora de conhecer as melhores músicas do padre Marcelo Rossi!

As 7 melhores músicas do padre Marcelo Rossi

Vem com a gente relembrar esses clássicos da música católica!

Noites Traiçoeiras

Originalmente, o nome da música era Deus É Maior, mas a frase Noites Traiçoeiras ficou tão famosa que ela acabou sendo rebatizada.

A canção foi escrita e gravada em disco de vinil em 1986, pelo compositor José Carlos Papae, que ficou oito anos na justiça lutando contra outras duas cantoras para ter os direitos autorais da música! 

Se a autoria não era certa até 2015, sobre a voz que toca na cabeça quando pensamos na canção, ninguém nunca teve dúvidas: padre Marcelo Rossi é o cantor oficial de Noites Traiçoeiras — e ele teve autorização do compositor pra gravar, tudo certinho.

Maria Passa Na Frente 

Maria Passa Na Frente é um dos mais recentes sucessos do padre Marcelo Rossi. A música foi inspirada na agressão que ele sofreu em julho de 2019, quando uma mulher o empurrou de cima do altar durante uma missa. 😯

O episódio ficou famoso e as pessoas que participavam da missa ficaram chocadas, mas, ao menos, tudo isso deixou uma coisa bem positiva!

Pois é, ele caiu, mas olha só o que a letra diz:

O inimigo pode até tentar
Mas nunca vai te derrubar
Você pode até cair
Mas logo vai se levantar

Mãezinha do Céu

Que criança católica nunca coroou Nossa Senhora cantando Mãezinha do Céu? 😍 A música se tornou um clássico, que representa a pureza e o amor dos pequenos. 

Como todo bom sucesso na música católica, é claro que ela tem sua versão pelo padre Marcelo, que até hoje canta a canção durante as missas. 

Segura Na Mão de Deus

Famosa como música oficial das celebrações fúnebres, Segura Na Mão de Deus foi escrita pelo pastor Nelson da Mota, que faleceu em 2018. Ele contava que a letra foi uma inspiração que Deus deu pra ele para não deixar que ele desistisse

Padre Marcelo Rossi levou a música para a igreja católica, e hoje é difícil achar alguém que não saiba cantá-la…

Maria de Deus, Senhora da Paz

Maria de Deus, Senhora da Paz é uma referência a um dos vários títulos que Maria recebe da igreja católica. Depois das músicas que já citamos aqui, nem é preciso dizer que padre Marcelo Rossi é devoto de Maria, né?

E vem, cantando entre nós
Maria de Deus, senhora da paz
E vem, orando por nós
A mãe de Jesus

Os Anjos de Deus

Os Anjos de Deus foi uma das primeiras músicas a conquistarem o Brasil na voz do padre Marcelo.

Composta pelo cantor gospel Elizeu Gomes, ela é mais uma prova de que o padre nunca hesitou em buscar músicas fora da igreja católica para as missas. Afinal, o importante é a mensagem. 💙

Ninguém Te Ama Como Eu

Ninguém Te Ama Como Eu foi escrita pelo cantor Martín Valverde, que é natural da Costa Rica. Acreditem ou não, ele compôs a música durante um show, em 1990. 

A canção já foi regravada por vários cantores, católicos ou não, e por vários padres. Ah, e ela também se tornou parte (quase) oficial das missas e shows do padre Marcelo Rossi. 

Saiba mais sobre o padre Marcelo Rossi

Hoje o “padre” já faz parte do nome dele, mas por 23 anos ele foi só Marcelo mesmo. Diferente do que acontece com muitos padres, que entram para o seminário ainda na adolescência, ele construiu uma vida inteira antes do sacerdócio.

Chegou, inclusive, a se formar na faculdade de Educação Física pela USP. Olha só como ele era, com 1,95m de altura, fazendo musculação de segunda a segunda:

Marcelo Rossi antes de se tornar padre
Marcelo Rossi com amigos antes de se tornar padre / Créditos: Divulgação

Depois que decidiu pelo sacerdócio, ele ainda se formou em mais duas faculdades: Teologia e Filosofia. Ele se tornou oficialmente o padre Marcelo Rossi em 1994, quando foi ordenado, e logo em seguida já se tornou um fenômeno de mídia. 

Com as músicas envolventes e as coreografias animadas, ele conquistou milhares de fiéis por todo o país. Padre Marcelo também foi um dos primeiros nomes famosos da igreja a divulgarem a Renovação Carismática Católica.

Padre Marcelo Rossi
Créditos: Divulgação

Como artista, ele já vendeu milhares de discos, fez participações em programas de TV e até ganhou o Grammy Latino de melhor álbum cristão, em 2002, com o disco Paz.

Como sacerdote, teve seu trabalho reconhecido pela igreja ao receber o título de Evangelizador do novo milênio pelo Papa Bento XVI, em 2010.

Durante a vida sacerdotal, ele já passou por momentos complicados, como a anorexia e a depressão. Um desses episódios difíceis na vida pessoal acabou rendendo o livro Ágape, que inaugurou a carreira de Padre Marcelo Rossi como escritor.

Capa do livro Ágape
Capa do livro Ágape / Créditos: Divulgação

Atualmente, ele celebra no Santuário Theotokos — Mãe de Deus, em São Paulo, mesma cidade onde nasceu e cresceu. Theotokos é o título grego da Virgem Maria, e significa portadora de Deus

Que tal conferir mais da música católica?

Gostou de relembrar as melhores músicas do padre Marcelo Rossi? Calma, que não acabou!

Se você quer continuar sentindo o gostinho da música católica, vem conferir essa lista incrível de frases do padre Fábio de Melo!

Frases Padre Fábio de Melo