A Poética do Imaginário Caboclo

Boi Caprichoso

exibições 545

Vem navegar, vem mergulhar
Vem conhecer o meu boi-bumbá
O imaginário te convida pra brincar
Na festa cabocla do Boi Caprichoso

Sou lendário navegante
Eu e o meu velho chapéu
Cigarro, tabaco
Minha fumaça sobe aos céus
E vai pescar estrelas
Pra fazer o luzeiro pro meu rio
Pra navegar, buscar a cura, a sorte
O saber ancestral
Eu sou banhado no Amazonas
Benzido na capela
Parente de quimera
Eu viro boto sedutor, também guerreiro
Se duvidar me engero em fera

Sou, sou caboclo
Sou vencedor
Minha força renasce das cinzas
Sou um pássaro sonhador

Sou cagila de negro
Nordeste, alegria
Pussanga de branco
Sou encantaria
Caboclo, mistura, remo, flecha
Índio, mistério e floresta

Sou cariboca poeta
Eu canto a Amazônia
Recrio o folclore ao som do tambor
Faço da arte minha vida
E faço da vida essa festa de amor!

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir