La Venganza

Eres un alma perdida
Y no encuentras tu posada
Pero el destino trazó tu camino
Con una mala jugada

Se robaron tu inocencia
(Se robaron tu alma pura)
No conoces de ternura
(Dónde estás)
Y cambiaste tu sonrisa
(Se marchó con tanta prisa)
Por una mirada oscura

Y ahora te vas
En busca de la venganza
Contra aquél que se burló de tu confianza
Y que pague en sangre fría
Decepciones de una vida
Maltratada sin piedad y sin razón

Y ahora te vas en busca de la venganza
Por traiciones, por mentiras
Y por todas esas trampas
Y A cobrar los intereses
De todas aquellas veces
Que lloraste inconsolable sin amor

Eres un angel durmiente
Pero tu alma no descansa
En tu aura transparente
Vive la desesperanza

Se robaron tu inocencia
(Se robaron tu alma pura)
No conoces de ternura
(Dónde estás)
Y cambiaste tu sonrisa
(Se marchó con tanta prisa)
Por una mirada oscura

Y ahora te vas
En busca de la venganza
Contra aquél que se burló de tu confianza
Y que pague en sangre fría
Decepciones de una vida
Maltratada sin piedad y sin razón

Porqué se robaron tu inocencia?
Porqué se robaron tu alma pura?
Pero tu venganza pronto llegará

Y ahora te vas en busca de la venganza
Por traiciones, por mentiras
Y por todas esas trampas
Y A cobrar los intereses
De todas aquellas veces
Que lloraste inconsolable sin amor

Vingança

Você é uma alma perdida
E não encontra tua pousada
Mas o destino tirou seu caminho
Com uma má jogada

Eles roubaram a sua inocência
(Eles roubaram a sua alma pura)
Não conhece o que é ternura
(Onde esta?)
E mudou o seu sorriso
(Ele saiu com tanta pressa)
Em um olhar sombrio

E agora você vai
Em busca de vingança
Contra aqueles que zombaram de tua confiança
E que paguem em sangue frio
Decepções de uma vida
Golpeado impiedosamente e sem razão

E agora você vai em busca de vingança
Por traições, por mentiras
E por todas aquelas armadilhas
E para cobrar juros
De todas aquelas vezes
Que chorou inconsolavél sem amor

Você é um anjo dormindo
Mas tua alma não descansa
Em sua aura transparente
Vive o desespero

Eles roubaram a sua inocência
(Eles roubaram a sua alma pura)
Não sabe o que e ternura
Onde esta?
E mudou o seu sorriso
(Ele saiu com tanta pressa)
Em um olhar sombrio

E agora você vai
Em busca de vingança
Contra aqueles que zombaram de tua confiança
E que paguem em sangue frio
Decepções de uma vida
Golpeado impiedosamente e sem razão

Por que eles roubaram a sua inocência?
Por que eles roubaram sua alma pura?
Mas a sua vingança em breve chegara

E agora você vai em busca de vingança
Por traições, por mentiras
E por todas aquelas armadilhas
E para cobrar juros
De todas aquelas vezes
Que chorou inconsolável sem amor

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Carlos Ponce / Joel Someillan. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por Gessica e traduzida por Claro. Revisão por francine. Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais posts