exibições 2.582

Tous Les Blues Sont Écrits Pour Toi

Céline Dion


Tous Les Blues Sont Écrits Pour Toi

I woke up this morning baby
The blues was pouring out of me
Cent fois ces mots je les ai dits
Ces mots que d'autres avaient ecrits

De toute ma voix, de toute mon ame
With all the soul that I can
Le blues comme on me l'a appris, yeah, baby

I woke up this morning baby
Mais ce matin la, j'ai compris

La peine aux longs champs de coton
J'imaginais de mon cocon
Les coups, le sang, les temps boueux
J'avais mal en fermant les yeux

His baby's far away
J'ai des pardons, j'ai des prieres
Mais l'blues c'est pas des phrases en l'air

I woke up this morning baby
Mais ce matin t'as vraiment froid
Tu comprends du fond de ta poitrine
Tous les blues sont ecrits pour toi, oh, yeah

Oh, oh I feel, the blues in me
Nobody knows how I really feel
Nobody knows, nobody cares

Les mots te brulent un par un comme s'ils
Comme s'ils, t'appartiennent enfin

Ces blues etaient les tiens

De toute ma voix, toute mon ame
With all the soul that I can
Le blues qu'on n'm'a jamais appris

I woke up this morning
(The blues was pouring out of me)
The blue was pouring deep inside of me, baby
(The blue was deep inside of me)
Nobody knows

(Nobody, nobody, nobody knows the blues on me)
Blues was pouring out of me, baby
(Nobody, nobody, nobody knows the blues on me)

Nobody knows, nobody cares
(The blues was pouring out of me)
Nobody, nobody, nobody

Todos Os Bluess São Escritos Para Você

Eu acordei esta manhã, baby
Os blues estavam despejados sobre mim
Cem vezes eu lhe disse estas palavras
Palavras que os outros escreveram

De toda a minha voz, de toda a minha alma
Com toda a alma que eu puder
Os blues como me ensinaram
Eu acordei esta manhã, amor
Mas essa manhã, eu entendi

Eu acordei essa manhã, amor
Os blues estavam​ despejados​ sobre mim
Cem vezes eu lhe disse estas palavras
Palavras que os outros escreveram

Com toda a minha voz, com toda a minha alma
Com toda a alma que eu puder
Os blues como eu aprendi
Eu acordei esta manhã, amor
Mas essa manhã, eu entendi

No trabalho duro no campo de algodão
Eu imaginava no meu casulo
Os golpes, o sangue, o tempo lamacento
Me machucam só em fechar os olhos

No trabalho duro no campo de algodão
Eu imaginava no meu casulo
Os golpes, o sangue, o tempo lamacento
Me machucam só em fechar os olhos
O seu amor está distante

Eu tenho perdoado, eu tenho orado
Mas os blues não são palavras vazias

O seu amor está distante
Eu tenho perdoado, eu tenho orado
Mas os blues não são palavras vazias
Eu acordei esta manhã, amor

Mas esta manhã estava realmente fria
Você entende, no fundo do seu peito
Que todos esses blues foram escritos por você

Eu acordei esta manhã, amor
Mas esta manhã estava realmente fria
Você entende, no fundo do seu peito
Que todos esses blues foram escritos por você

Oh, eu sinto os blues em mim
Ninguém sabe como eu realmente me sinto
Ninguém sabe, ninguém se importa

As palavras te queimam uma a uma como se
Como se elas já te pertencessem
Esses blues são seus

Oh, eu sinto os blues em mim
Ninguém sabe como eu realmente me sinto
Ninguém sabe, ninguém se importa
As palavras te queimam uma a uma como se

Como se elas já te pertencessem
Esses blues são seus
De toda a minha voz, de toda a minha alma
Com toda a alma que eu puder

Os blues como eu aprendi
Eu acordei esta manhã, amor
Os blues estavam despejados sobre mim
Ninguém sabe, ninguém vê

De toda a minha voz, de toda a minha alma
Com toda a alma que eu puder
Os blues que eu nunca aprendi
Eu acordei essa manhã, amor
Os blues estavam despejados em mim
Ninguém sabe, ninguém vê

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Jean-Jacques Goldman. Essa informação está errada? Nos avise.
Traduzida por joão. Revisões por 3 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog