Eu vou cantar pra voces
Pedaços da minha história
Quero que fiquem sabendo
Como estou vivendo agora
Meu mundo é maravilhoso
Cercado de fauna e flora
Banhado pelo Rio Grande
Onde as garças namoram
As belezas que me atraem
É um presente do papai
Que me deu quando foi embora

De manha quando eu levanto
A beleza é um exagero
Saio na porta do rancho
E o que avisto primeiro
São as águas do Rio Grande
E os passaros pantaneiros
Do estadão de São Paulo
Vejo o triangulo mineiro
João-de-barro trabalhando
E os bem-te-vis cantando
Harmonizam o meu terreiro
Lindas arvores centenárias
Enfeitam meu paraíso
Planto e colho pra comer
Nunca tomei prejuízo
Vivo com pouco dinheiro
Mas nem de muito eu preciso
Moro no rancho sozinho
Mato a cobra, tiro o guiso
Quando as moças me visitam
Minha casa fica bonita
Mais eu não perco o juízo

Raramente eu vou á vila
Pra suprir minha dispensa
Lá visito a capelinha
E o santo da minha crença
Por ter muita fé em Deus

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Chico Amado / Valdemar Reis · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Gladson
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.