Meia Volta

Chico Buarque

exibições 4.896

intérprete: Chico Buarque


Meia-luz de candeeiro
Passos no terreiro
Sombra no pomar

Noite escura sem cruzeiro
Nada que apontasse
Pra qualquer lugar

Meio rosto na soleira
Um sorriso incerto
A me acompanhar

Meia-volta, volta e meia
Como não soubesse
Se devesse entrar

Sua vinda é travessia
E sei que anuncia
Fogo, vendaval
Mas nada disso importa,
Pode entrar

Por ao menos um instante
Diga que só veio
para me levar

Por estradas bem distantes
Onde ninguém passe
Onde passa o mar

Entre versos e cantigas
Por toda essa vida
Vamos caminhar
Ah, eu queria apenas acreditar
Acreditar

Sei que já vai embora
Não se demora, não vai ficar
Mas não me deixe agora
Sem o descanso do seu olhar

Deixe ao romper da aurora
Surgir o dia , eu me acalmar
e quando fôr a hora
quem sabe eu possa até não chorar

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Cristina Saraiva / Rafael Alterio · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Takin
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.