Lugar de Cobra É No Chão

Chico Buarque


A sua risada nervosa contamina o ambiente
Deram asas à cobra e a cobra voou
E continua voando, espalhando seu veneno
Agora chegou o teu momento

Bicho peçonhento
Tu vais me pagar
É proibido ficar com pena
De ver a cobra voltar a se arrastar

Lugar de cobra é no chão
O céu é dos passarinhos
Que cantam lindas canções
Que alegram os corações

É proibido ficar com pena
De ver a cobra voltar a se arrastar

Lugar de cobra é no chão
O céu é dos passarinhos
Que cantam lindas canções
Que alegram os corações

É
Eu sempre quis lhe dar a mão
E você se encheu de anéis
E vive a pensar que o mundo esta a seus pés
Mas esqueceu que o mundo tem virada
Quem é tudo não é nada
Essa vida é um vai-e-vem, vaivém
Cuidado
Na descida da escada
Que uma alma envenenada
Pode envenenar também

A sua risada nervosa contamina o ambiente
Deram asas à cobra e a cobra voou
E continua voando, espalhando seu veneno
Agora chegou o teu momento

Bicho peçonhento
Tu vais me pagar
É proibido ficar com pena
De ver a cobra voltar a se arrastar

Lugar de cobra é no chão
O céu é dos passarinhos
Que cantam lindas canções
Que alegram os corações

É
Eu sempre quis lhe dar a mão
E você se encheu de anéis

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Carlinhos Vergueiro / Arlindo Cruz. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por Natasha. Revisões por 4 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais posts