exibições 19.769

Pequeña Serenata Diurna

Chico Buarque


Pequeña Serenata Diurna

Vivo en un país libre
Cual solamente puede ser libre
En esta tierra, en este instante
Yo soy feliz porque soy gigante
Amo a una mujer clara
Que a mi me ama
Sin pedir nada
O casi nada
Que no es lo mismo
Pero es igual

Y si esto fuera poco
Tengo mis cantos
Que poco a poco
Muelo y rehago
Habitando el tiempo
Como le cuadra
A un hombre despierto
Soy feliz
Soy un hombre feliz
Y quiero que me perdonen
Por este día
Los muertos de mi felicidad

Pequena Serenata Diurna

Eu vivo em um país livre
Que só pode ser livre
Nesta terra, neste momento,
Eu estou feliz porque eu sou um gigante.
Amo uma mulher clara
Que amo e me ama
Sem nada pedir
Ou quase nada,
Que não é o mesmo
Mas é igual

E se isso não bastasse,
Tenho minhas músicas
Pouco a pouco
Moer e refazer
Tempo de permanência
Bloco, uma vez que
Um homem acordado.
Estou feliz,
Eu sou um homem feliz
Eu quero que você me perdoe
Para este dia
Os mortos da minha felicidade.

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir