Cobra de Vidro

Chico Buarque

exibições 9.007

Aos quatro cantos o seu corpo
Partido, banido
Aos quatro ventos os seus quartos
Seus cacos de vidro
O seu veneno incomodando
A tua honra, o teu verão
Presta atenção

Aos quatro cantos suas tripas
De graça, de sobra
Aos quatro ventos os seus quartos
Seus cacos, de cobra
O seu veneno arruinando
A tua filha, a plantação
Presta atenção

Aos quatro cantos seus ganidos
Seu grito medonho
Aos quatro ventos os seus quartos
Seus cacos de sonho
O seu veneno temperando
A tua aveia
O teu feijão

Presta atenção

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir