O galo cantou
Às quatro da manhã
Céu azulou na linha do mar

Vou-me embora
Desse mundo de ilusão
Que me fez sorrir
Não há de me ver chorar

Flechas sorrateiras
Cheias de veneno
Querem atingir
O meu coração

Mas o meu amor
Sempre tão sereno
Serve de escudo
Pra qualquer ingratidão

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Paulinho da Viola. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por Janaina. Revisões por 2 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais posts