Foto do artista Copacabana Beat

Cinderela Perdeu Pra Mim

Copacabana Beat


Cinderela dando mole pra mim...
Vai perder o sapatinho...
(perdeu, perdeu, perdeu...cinderela perdeu pra mim)
Cinderela deu mole, perdeu sapatinho, perdeu sapatinho na entrada da favela no pagode ao som do zeca pagodinho...
(repete)
Ela tava toda se acabando la no meio se exibindo pra mim
Pra quem mais tivesse a fim
(toda linda de frente, sarada, safada, cachorra, carente)
Tão linda de viver, botando pra ferver, atiçando
Pagando pra ver...
Ela gingando, requebrando, elevava o calor, e eu filmando, transpirando preparava o caô
Vidrei naquele olhar, não via mais ninguem,
Me dei bem, virei seu alvo tambem

Gostei do foi do pernão de academia, bumbum a brasileira, na esteira dos meus sonhos, desfilando, transpirando fantasias, gata borralheira e cinderela ao meio dia
Cinderela deu mole, perdeu sapatinho, perdeu sapatinho na entrada da favela no pagode ao som do zeca pagodinho...
(repete)
Mais a princesa não ta de bobeira, sabando toda prosa, gostosa, sabe que eu percebo, que eu reparo que ela é da nobreza
(no samba, no salto, sem dono, sem trono, sambando na boa)
Estranha na comunidade, rebola pros meus olhos, cheia de ziriguidum, presto reverencia, toda fidalguia, pra mim é inocencia, pra ela é rebeldia e bumbum, e sempre cabe mais um
Quero essa beleza, quero deja vu, transar com a realeza, provar seu sangue azul, barbie do gueto, branca do preto, mademoiselle, minha belle de´ju...
(perdeu, perdeu, perdeu...cinderela perdeu pra mim)
Se ela não tava sambando pra mim, então me diz, porque que alguem rebola desse jeito assim, me olhando sem olhar, sorrindo sem sorrir, quase fazendo amor na dança pra me consumir
Quantos nobres acordaram plebeus, em sua corte, quantos chamados de rei, por uma noite
Libido do cacete, pimenta malgaueta, boquinha de sorvete, insana ninfeta
Anjo de batom zuando na pista, era o proprio neom me dando na vista
Então caiu do salto, perdeu o sapatinho, trocou a magestade por um naco de carinho, carinho plebeu, paixão animal, desculpe dizer, não é mais sonho de cristal
(perdeu, perdeu, perdeu...cinderela perdeu pra mim)
Perdeu o sapatinho, muito alem da janela, não ouviu a badalada e amanheceu na favela, e o plebeu agigolado, com a cabeça do outro lado da cidade sonhando com ela
(perdeu, perdeu, perdeu...cinderela perdeu pra mim)

Cinderela deu mole, perdeu sapatinho, perdeu sapatinho na entrada da favela no pagode ao som do zeca pagodinho...
(repete)

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Carlinhos Conceição / Rubinho. Essa informação está errada? Nos avise.

Posts relacionados

Ver mais posts