exibições 66

Reality, Pt. 4

Foto do artista CupcakkeCupcakke


Reality, Pt. 4

Times changed was dealing with so much pain
But at the same time it's alot that I overcame
Went from hungry last year now dressing in cashmeres
It's just a bag I won't brag cause I struggled the past years
I had a empty fridge would eat me a stale bagel
Thanksgiving Day with only me at the table
No friends or family, demons surrounding me
Sometimes I had thoughts of jumping off the balcony
But um, I kept chewing on Doublemint bubblegum
Leftovers in my stomach more like pieces of crumbs
Around the wrong crowd they telling me: Hit the blunt
My father don't want me like we don't want Donald Trump
I was tryna keep it cool for my mammy
Them long lines standing in that food pantry
Wasn't a joke, losing my hope
Got bags under my eyes looking like a wrinkled tote
It was no sleep at all pissed in the bushes ,no stalls
Found a home then we was gone then more leaves than fall
On my mama this shit was trauma
Ain't have a solid number so how could we see a comma?
While I was sleep it was rats running over my mom feet
Just so she could work to get us something to eat
Lets get deep, I'm hurting as I speak
When life paid you dust just get a broom and sweep
At 11 who you telling everything was hand me downs
Jumped and stomped by 20 people while others stand around
Nobody helped, everyday I felt invisible
School so grimy the principal don't even got principles
Once I turned 12 it was all hell
Roaming the streets looking for D when I couldn't even spell
Fighting demons with a poker face like everything swell
Let's fast forward let me show you how my life has failed
Remember them nights with no lights or gas?
Washing up at the sink tryna clean my ass with cold water
My entire body was freezing best believe it
Jesus put me here for a reason
15, fucking on a man that's 35 good in the beginning
Then ate my soul alive fooled myself thinking its love
The way he layed with me
But all we ever did was fuck and went to KFC
It's sad, I degraded myself hated myself
All this because I wasn't raised with a belt
I know mama I hurt you staying out pass curfew
You deserve to sit back but I overworked you
Remember when my music got 11 plays?
Mama we here now these the better days
So I'll be damned if I let a nigga take it away
They body dropping in a instant like they break & escape
Never going back to them old days of seeing them low plays
So I entertain these niggas like I'm giving them roleplay
The greatest things comes to the ones that waited gotta be patient
It's about organization all my albums got my wallet on Fat Albert
I donate to the shelters money, toys, and flowers
We was in it more than hours the feeling was sour
300 people in one household using the same shower
People got some fucking nerve to be mad that they rent due
When people out here on the curb with covers and ripped shoes
The homeless be the ones with good hearts I feel bad
Cause they put everyone first by giving away they last
Think about it!

Realidade, Parte 4

Os tempos mudaram, estava lidando com tanta dor
Mas, ao mesmo tempo, foi muito o que eu superei
De passar fome ano passado, agora me vestindo em casimiras
É apenas uma bolsa, não vou me gabar, porque eu lutei nos últimos anos
Eu tinha uma geladeira vazia, comia um pão velho
Dia de Ação de Graças com apenas eu mesma na mesa
Sem amigos ou família, demônios me rodeando
Às vezes eu tinha pensamentos de saltar da sacada
Mas, hum, eu continuei mascando chicletes de menta
Sobras no meu estômago mais como pedaços de migalhas
Andando com a turma errada que me dizia: Dê uma tragada
Meu pai não me queria como não queremos Donald Trump
Eu estava tentando continuar legal pela minha mamãe
Aquelas linhas longas na despensa de alimentos
Não é uma piada, estava perdendo minha esperança
Tinha bolsas sob meus olhos que pareciam uma sacola enrugada
Não dormia nada, fazia xixi nos arbustos
Achei uma casa, então fomos embora, mais folhas do que no outono
Ah minha mãe, essa merda foi um trauma
Não tínhamos um número sólido, então como poderíamos ver uma vírgula?
Enquanto eu estava dormindo, eram ratos correndo sobre os pés da minha mãe
Apenas para que ela pudesse trabalhar para nos trazer algo para comer
Vamos nos aprofundar, estou sofrendo enquanto eu falo
Quando a vida lhe dá poeira é só pegar uma vassoura e varrer
Aos 11 anos, o que você está dizendo, tudo me derrubou
Saltada e pisada por 20 pessoas enquanto outros observavam
Ninguém ajudou, todos os dias eu me sentia invisível
Escola tão suja, o diretor nem sequer tem princípios
Quando fiz 12 anos era tudo o inferno
Vagueando pelas ruas, procurando por P quando eu nem sabia soletrar
Lutando contra demônios com uma expressão impassível como se estivesse tudo bem
Vamos avançar, deixe-me mostrar a você como minha vida falhou
Lembram-se das noites sem luz nem gás?
Me lavando na pia, tentando me limpar com água fria
Meu corpo inteiro estava congelando, melhor acreditar
Jesus me colocou aqui por uma razão
15, fodendo em um homem que tinha 35, bom no começo
Então devorou minha alma viva, me enganei pensando que era amor
A maneira como ele se deitou comigo
Mas tudo o que fizemos foi foder e ir ao KFC
É triste, eu me degradava, me odiava
Tudo isso porque eu não cresci com dinheiro
Eu sei, mamãe, eu te magoei ficando fora depois do toque de recolher
Você merece sentar-se, mas eu consegui trabalhar mais
Lembra quando minha música teve 11 execuções?
Mãe, estamos aqui agora, esses são os dias melhores
Então eu ficarei puta se eu ver alguém tentando tirá-los de nós
Seu corpo caindo em um instante, eles quebrando e escapando
Nunca voltarei para os velhos tempos de ver as jogadas baixas
Então vou entreter esses caras como se estivesse lhes dando uma encenação
As maiores coisas vêm para aqueles que esperaram, tenho que ser paciente
É tudo sobre organização, todos os meus álbuns, tenho minha carteira em Fat Albert
Doo aos abrigos dinheiro, brinquedos e flores
Nós ficamos lá mais de horas, o sentimento foi azedo
300 pessoas em uma casa usando o mesmo chuveiro
As pessoas devem ter um nervo porra para ficar com raiva deles que alugam devidamente
Quando as pessoas aqui fora na calçada com apenas capas e sapatos rasgados
Os desabrigados são aqueles com bons corações, eu me sinto mal
Porque eles colocam todos em primeiro lugar, e dando eles duram
Pense nisso

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir