Foto do artista Dark Tranquillity

Terminus (Where Death Is Most Alive)

Dark Tranquillity


Terminus (Where Death Is Most Alive)

This is a ghost town
Alive with the echoes of failures fled
Lit up by shining faces,
That parade these streets
What used to be
Of humility is gone
You walk the mounds
Of skull and bones
Where living is denied
I see more movement in decomposition
Than in those hollow eyes

It is the only place I know
Where death is most alive
It is when truth is turned to lie
That death is most alive

Set flame to the ensnarers
And pierce that ornate shield
Branded by what claims you
You wear the mark of death
Tear from loss and agony
A character defined
Stripped of all but tragedy
What life is left to find
Go now, until there's nothing left
Go now, the dying has begun

It is the only place I know
Where death is most alive
It is when truth is turned to lie
That death is most alive

So I flee from all that is me
To hide behind this pale dead face
Whatever happened to desire, want and need
Whatever happened to integrity
Imagination is a curse in all of this
Whatever happened was left behind

This is a ghost town
Bodies dragged through endless streets
Go now, to never return
I've seen more pitiful humiliation
Than you could never hide

It is the only place I know
Where death is most alive
It is when truth is turned to lie
That death is most alive

Terminus (Aonde a Morte É Mais Viva)

Esta é uma cidade fantasma
Vivos com os ecos das falhas
Acesos por faces lustrosas,
Que Desfilam nestas ruas
O que costumava ser,
Da humildade se foi
Ande por ai,
Com caveira e ossos
Aonde o viver é negado
Eu vejo mais movimentos em decomposição
Que nestes olhos mortos

É o único lugar que conheço
Aonde a morte é mais viva
É aonde a verdade é tornada em mentira
Aonde a morte é mais viva

Ateie fogo às armadilhas,
E perfure aquele escudo de madeira
Marcados pelo que dizes
Vestes a marca da morte
Arrancado da perda e agonia
Um caráter definido
Privado de tudo menos a tragédia
Que vida restou a se encontrar
Vá agora, até não haver mais nada
Vá agora, a morte já começou

É o único lugar que conheço
Aonde a morte é mais viva
É aonde a verdade é tornada em mentira
Aonde a morte é mais viva

Então eu fujo de tudo o que é eu
A fim de esconder-se atrás desta pálida e morta face
O que aconteceu com o desejo, o querer e o precisar?
O que aconteceu com a integridade?
Imaginação é uma maldição em tudo isso
O que aconteceu, foi deixado para trás

Esta é uma cidade fantasma
Corpos arrastados através de ruas infindas
Vá agora, para nunca mais voltar
Eu vi mais patética humilhação
Que nunca poderás esconder

É o único lugar que conheço
Aonde a morte é mais viva
É aonde a verdade é tornada em mentira
Aonde a morte é mais viva

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir