We Are The Dead

David Bowie

exibições 3.272

We Are The Dead

Something kind of hit me today
I looked at you and wondered
If you saw things my way
People will hold us to blame
It hit me today, it hit me today

We're taking it hard all the time
Why don't we pass it by?
Just reply, you've changed your mind
We're fighting with the eyes of the blind
Taking it hard, taking it hard

Yet now

We feel that we are paper
Choking on you nightly
They tell me
Son, we want you, be elusive, but don't walk far
For we're breaking in the new boys
Deceive your next of kin
For you're dancing where the dogs decay
Defecating ecstasy
You're just an ally of the leecher
Locator for the virgin King
But I love you in your fuck-me pumps
And your nimble dress that trails
Oh, dress yourself, my urchin one
For I hear them on the rails

Because of all we've seen
Because of all we've said

We are the dead

One thing kind of touched me today
I looked at you and counted all the times we had laid
Pressing our love through the night
Knowing it's right, knowing it's right

Now I'm hoping some one will care
Living on the breath of a hope to be shared
Trusting on the sons of our love
That someone will care, someone will care

But now

We're today's scrambled creatures
Locked in tomorrow's double feature
Heaven's on the pillow, it's silence competes with hell
It's a twenty-four hour service
Guaranteed to make you tell
And the streets are full of press men
Bent on getting hung and buried
And the legendary curtains
Are drawn 'round Baby Bankrupt
Who sucks you while you're sleeping
It's the theater of financiers
Count them, fifty 'round a table
White and dressed to kill
Oh, caress yourself, my juicy
For my hands have all but withered
O,h dress yourself my urchin one
For I hear them on the stairs

Because of all we've seen
Because of all we've said

We are the dead
We are the dead
We are the dead

Nós Somos Os Mortos

Alguma coisa meio que passou pela minha cabeça hoje
Eu olhei para você e imaginei
Se você viu as coisas do meu jeito
Pessoas vão nos culpar
Passou pela minha cabeça, passou pela minha cabeça hoje

Nós estamos complicando o tempo todo
Por que não passamos por cima disso?
Só responda, você mudou de ideia
Estamos lutando com olhos de cegos
Complicando, complicando

No entanto, agora

Nós sentimos que somos papel
Te sufocando todas as noites
Eles me dizem
Filho, nós queremos você, seja esquivo, mas não se distancie
Porque nós estamos revelando os novos rapazes
Engane seu parente mais próximo
Você está dançando onde os cães deterioram
Defecando êxtase
Você é apenas um aliado do sanguessuga
Locatário para o Rei virgem
Mas eu te amo em seu salto alto sexual
E o seu vestido ágil que deixa rastro
Ah, se vista, minha pária
Pois eu os ouço sobre os trilhos

Por causa de tudo que vimos
Por causa de tudo que dissemos

Nós somos os mortos

Algo meio que me comoveu hoje
Eu olhei para você e contei todas as vezes que nos deitamos
Pressionando nosso amor pela noite
Sabendo que é certo, sabendo que é certo

Agora estou esperando que alguém vá se importar
Vivendo no fôlego de uma esperança a ser compartilhada
Confiando nos filhos do nosso amor
Que alguém vai se importar, alguém vai se importar

Mas agora

Somos as criaturas revoltadas de hoje
Presas na sessão dupla de amanhã
O paraíso está no travesseiro, seu silêncio concorre com o inferno
É um serviço de 24 horas
Garantido para fazer você contar
E as ruas estão cheias de homens da imprensa
Empenhados em serem enforcados e enterrados
E as cortinas lendárias
São desenhadas em volta do bebê falido
Que te suga enquanto você está dormindo
É o cinema dos financistas
Conte-os, cinquenta em uma mesa
De branco e vestidos para matar
Se acaricie, minha suculenta
Pois minhas mãos estão secas
Oh, vista-se minha pária
Pois eu os ouço nas escadas

Por causa de tudo que vimos
Por causa de tudo que dissemos

Nós somos os mortos
Nós somos os mortos
Nós somos os mortos