Tô em outra cidade, outra pira
A vida segue, o mundo gira
E eu nem sei mais se o tempo tá do nosso lado
Mas eu prefiro acreditar que sim
Eu te vejo e sempre tô afim
É só te encontrar pra eu me esquecer o porque do fim

E eu nem sei mais se seria capaz
De me perder só pra te ter
Não quero mais deixar de ser

E eu nem sei mais se seria capaz
De me perder só pra te ter
Não quero mais deixar de ser

Tiro sua roupa agora e jogo no chão
Foda-se, a noite é nossa, tô na sua mão
Tiro sua roupa agora e jogo no chão
Foda-se, a noite é nossa, tô na sua mão

Um dos meus problemas é querer o que eu não posso ter
Me envolver demais, baby
Talvez um dia eu não me importe mais, nem te ligue mais
Nem olhou na minha cara, agora tanto faz
Uma passagem só de ida pra LA
Se me der vontade, eu só te falo que cheguei
Cê sabe que nada disso eu planejei
Se quiser, pode colar

E eu nem sei mais se seria capaz
De me perder só pra te ter
Não quero mais deixar de ser

E eu nem sei mais se seria capaz
De me perder só pra te ter
Eu não quero mais deixar de ser

Tiro sua roupa agora e jogo no chão
Foda-se, a noite é nossa, tô na sua mão
Tiro sua roupa agora e jogo no chão
Foda-se, a noite é nossa, tô na sua mão

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Danilo Valbusa / Day / Marcelinho Ferraz / Pedro Dash. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por Júlia. Legendado por izadora. Revisão por Eula. Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog