Obscure

Tsurushita akatsuki koyoi de ikutsu "..."

Awanai hada to hada wo shokushite fukami no doko e shizumu
aketa nuno wo kaki wake nagara kawa tainai e fukaku

Hirari hirari to kanashigeni mau someiyoshino ni wa nareru
kegare wa michita biran no tsuki to outo no yoru eguri tore

Omoeteiru no deshou?

Memai iro... yoru ga hajimari hito ga hishimeku
zakuro iro... toge wo sashite anata wa kieru

Himegoto kakusu mishukuji no tsurushita akatsuki koyoi de ikutsu "..."

Blood Baby & Sacrifice

Oboeteiru no deshou?

Kogane iro... toge no oeta kumo ni naritai
namida iro... kioku wo megurasete
memai iro... yoru ga hajimari hito ga hishimeku
zakuro iro... toge wo sashite anata wa kieru

Obscuro

Quantos pendurados esta noite, sob a lua vermelha

Quão fundo isso vai afundar, comendo pele que não emparelha?
A cobra faz seu caminho pelas folhas e dentro do útero

Pode parecer uma cerejeira; uma pétala de flor de cerejeira que dança tristemente
A mancha é a lua que está cumprida, e o vômito à noite começa

Você não se lembra?

Cor de desmaio... a noite inicia-se e as pessoas começam a temer
Cor de romã*... pique com o espinho e desapareça ao longe

Quantos pendurados secretos do bebê prematuro esta noite, sob a lua vermelha "..."

Bebê sangrento e sacrifício

Você não se lembra?

Cor de amarelo dourado... quer ser a aranha que pica
Cor de lágrimas... lembrando as memórias
Cor de desmaio... a noite inicia-se e as pessoas começam a temer
Cor de romã*... pique com o espinho e desapareça ao longe

EOOriginal Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts