exibições 213

A Alma Ancestral do Samba

Dudu Nobre


Bateu o tambor... Ayo
A alma do samba
Morada chegou
É sangue na veia
A nossa verdade...mocidade

Axé dos meus orixás
Na força dos ancestrais
Kaô kabecilé xangô
No toque do oxé liberta ayo
É canto é dança negra... Arrepiou
Oyá... Revoando ao sabor do vento
Herança que não se apagou com o tempo
Aportou aqui neste lugar
Um mundo novo, de encanto e magia
Tem reza forte, sagrada bahia

Oxumaré, espalha o amor num canto de fé
Traz seu axé
Tia ciata a grande mãe do samba
Da praça xi ao terreiro de gente bamba

Senhor da terra omolú
Esse batuque mostra o seu poder
Jongo, congada e capoeira
Atotô obaluaê
Pelo telefone avisou... Chegou o samba
Sou a voz do morro
E o hoje o povo... Canta
Oguniê meu pai
Traz proteção e paz
Ritmo puro envolvente
Embalando essa gente
A vitória vem da luta
Nossa força é a união
Eternizada em comunhão

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Bruno Ribas / Dudu Nobre / Murilo TK / Paulinho Miranda / Rafa Malva / RICARDO MANDU · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por João
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.