Drunk

I wanna be drunk when I wake up
On the right side of the wrong bed
And never an excuse I made up
Tell you the truth, I hate what didn’t kill me
It never made me stronger at all

Love will scar your make up
Lips sticks to me, so now I maybe lean back there
I’m sat here, wishing I was sober
I know I’ll never hold you like I used to

But a house gets cold when you cut the heating
Without you to hold, I’ll be freezing
Can’t rely on my heart to beat in
‘Cos you take parts of it every evening
Take words out of my mouth just from breathing
Replace with phrases like: When you leaving me?

Should I?
Should I?
Maybe I’ll get drunk again
I’ll be drunk again
I’ll be drunk again
To feel a little love

I wanna hold your heart in both hands
Not watch it fizzle at the bottom of a coke can
And I got no plans for the weekend, so should we speak then?
Keep it between friends
Though I know you’ll never love me like you used to

There may be other people like us
Will see the flicker of a Clipper when they light up
Flames just create us, but burns don’t heal like before
And you don’t hold me anymore

On cold days cold plays out like the band’s name
I know I can’t heal things with a handshake
You know I can change, as I began saying
You cut me wide open like landscape
Open bottles of beer but never champagne
To applaud you with the sound that my hands make

Should I?
Should I?
Maybe I’ll get drunk again
I’ll be drunk again
I’ll be drunk again
To feel a little love

All by myself, I’m here again
All by myself, you know I’ll never change
All by myself
All by myself

I’m just drunk again
I’ll be drunk again
I’ll be drunk again
To feel a little love

Bêbado

Eu quero estar bêbado quando acordar
No lado certo da cama errada
E nunca uma desculpa que eu inventei
Vai te dizer a verdade: odeio o que não me mata
Porque nunca me fez mais forte mesmo

O amor estragará sua maquiagem
Os lábios se pregam em mim, então agora talvez eu me recoste
Estou sentado aqui, desejando que estivesse sóbrio
E sei que nunca vou te abraçar como eu costumava

Mas a casa fica fria quando você corta o aquecimento
Sem você para abraçar, eu vou congelar
Não posso confiar no meu coração para bater
Porque você toma conta dele todas as noites
Tira as palavras da minha boca só de respirar
Substituindo com frases como: Quando você vai me deixar?

Eu deveria?
Eu deveria?
Talvez eu fique bêbado de novo
Eu vou ficar bêbado de novo
Eu vou ficar bêbado de novo
Para sentir um pouco de amor

Eu quero segurar seu coração com as duas mãos
Não assistir ele borbulhar no fundo de uma garrafa de Coca
E eu não tenho planos para o fim de semana, então, devemos nos falar?
Mantenha entre amigos
Mas eu sei que você nunca vai me amar como você fazia

Talvez haja outras pessoas como nós
Verei o brilho de um isqueiro Clipper quando eles acendem
As chamas nos criaram, mas queimaduras não se curam como antes
E você não me abraça mais

Em dias frios, o frio brinca lá fora, como o nome daquela banda
Eu sei que eu não posso curar as coisas com um aperto de mão
Você sabe que eu posso mudar, como eu disse inicialmente
Você me cortou abertamente como uma paisagem
Garrafas abertas de cerveja, mas nunca de champagne
Para aplaudi-la com o som das minhas palmas

Eu deveria?
Eu deveria?
Talvez eu fique bêbado de novo
Eu vou ficar bêbado de novo
Eu vou ficar bêbado de novo
Para sentir um pouco de amor

Sozinho, estou aqui de novo
Sozinho, você sabe que eu nunca vou mudar
Sozinho
Sozinho

Eu simplesmente estou bêbado mais uma vez
Eu vou ficar bêbado mais uma vez
Eu vou ficar bêbado mais uma vez
Para sentir um pouco de amor

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Ed Sheeran · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Pati, Traduzida por Mariana, Legendado por Caroline e Inhanduí
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.