Deus da Providência

Elaine de Jesus

exibições 44.516

É Deus que quando dobro os meus joelhos
Faz questão de me ouvir
Pra quem eu conto os meus segredos
Pois sei que ele é por mim
Diante desse nome é firme
O mal não pode resistir
É Deus que quando eu profetizo a bênção,
Ele vem assinar
Que quando eu digo: Vai dar certo
Ele reafirma

Foi me dado autoridade pra até mesmo o inferno enfrentar
Resistir e não temer as ondas que balançam o barco
Onde estou a navegar
Mesmo que uma nuvem negra paire sobre o meu caminho,
Eu vou dissipar
Se a chuva cair, meu mundo inundar
É Deus quem dá providência
minha providência vai mandar
Pode vir o inferno, podem vir as ondas tentar me afundar,
Eu vou lutar
Se o exército se levantar em fúria pra me enfrentar
(Eu vou guerrear)

Pode vir o inferno, podem vir as ondas tentar me afundar,
Eu vou lutar
Se o exército se levantar em fúria pra me enfrentar
(Eu vou guerrear)
Eu não temerei pois sempre estarei
Seguro em suas mãos

Eu não temerei pois não estarei, sozinho como um alvo
Sem nenhuma proteção
Eu não temerei pois sempre estarei, seguro em suas mãos
Seguro em suas mãos

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir