Jogo Sujo

Erasmo Carlos

exibições 7.360

Com a dama escondida na manga
O mundo me chamou pra jogar
Vítima de tal esperteza
Pus a vida na mesa e resolvi jogar

Apostei no risco
Paguei e não vi
Morri na praia
E além de morrer, sofri

Mas se da vida nada se leva
Restava ainda um sonho pulsante
Chamei a dama do baralho
Fiz dela o meu atalho
E minha carta amante

Não quis nem saber
E a vida arrisquei
Pra mim o que importa
Foi a dama que eu ganhei

Todo jogo que se preza
De alegria ou de dor
Só vale se ele for honesto
Com o seu jogador

Se na selva o pássaro canta
Jamais vai ser porque ele voa
E sim porque se sente livre
Pro jogo do amor

Mas se ele perde
Pro seu predador
Feliz ele foi
Pelo menos enquanto jogou

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir