Outrora, outra vez, outro lar
Outro lugar, outra mulher, outro homem
O trem vai pra uma outra estação
Um outro inverno e lá vem outro verão

Ao outro tanto a ti quanto a mim
Um outro bem, um outro amor, outrossim
Não é fácil aceitar alguém
E ser aceito pelo outro também

Sempre haverá outra esquina
Outra beleza, outro cara, outra mina
Sempre haverá um mané, sem noção, um otário
Querendo atrasar

Sempre haverá outro dia
Ensolarado e outra noite vadia
Sempre haverá outra chance
Outra mão ao alcance querendo ajudar

Outra favela, novela
Outro barraco, buraco
Outra cachaça, manguaça em outro bar
Outro marido traído
Outra esposa ansiosa
Outra amante excitante querendo dá

Outra cabeça, sentença
Outro recanto, encanto
Outra viagem, vertigem em outro mar
Outro sentido ou saída
Outra maneira ou medida
De dar a volta por cima, querendo dá

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Fernanda Abreu / Gabriel Moura / Jovi Joviano · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Alan
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.