Passo a madrugada em branco remoendo as lembranças
Lembranças de um sentimento chamado amor
É tão bom ver quando alguém te ama e também quando se ama
Alguém me devolva este momento, por favor
Não quero somente lembrar que preciso de emprego
Para me dar sossego, e dar seguimento aos estudos
É verdade que eu sinto medo, de perder-te cedo
E eu fico mudo
Este meu silêncio, de meus sentimentos, deve ter um motivo
É como se a chama estivesse apagada em noite de serenata
Só mais um pecado de meu juízo
Então eu me volto, levando este voto, para minha dor
Tentando escrever poesias, poemas e tendo fantasias
Pois eu nunca tive uma mulher que quisesse morrer de amor
A maioria já deixou de ser lazer
Sinto falta de um corpo que me dê tanto prazer
Isso tudo me faz sentir vazio
Me da vontade de sentir saudades da saudade
Criando um ar tanto quanto sombrio
Fico a esperar que venha algum outro ensinamento
Em meu dia-a-dia... ai! Como te quero novamente, alegria
A alegria em poder reviver estes sentimentos

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts