Tou a girar em circulos nas redondezas
Definir o que eu sinto, fugir do labirinto, por as cartas na mesa
Tanta pedra que ainda parto a cabeça
Nem que parva pareça esta vida louca
Eu tenho a certeza, se rap é swag até tiro a roupa
Vida poupa - me, so tenho sorte no azar
Ja não te suporto ja não tenho suporte pa morte levar
Recuso-me a ser assim
Quero a crew ativa, criativa, criadora
Mas a criatura não quer que tenhamos esta vida duradoura
Sem ouro na boca, so sabor a fumo
Tento saber o tempo mas sabor ao vento é o meu rumo
Devias fazer o mesmo

Só quero aumentar os pontos na jogada
Fazer valer os contos que eu fumava
E todos os encontros desta vida cabra
Sair dos escombros com esta sina paga
Diz me la isso assim na cara

Ha anos pa sair da cepa torta
(Alma) doi mais vendê-la do que vê-la morta
Entro pela janela ou pela porta
A tentar viver sem ter medo da morgue
O meu rap não esta em saldos sou assassino a soldo
Eles até ficam parvos quando assino o som
No bules querem que deixe a porta aberta
Não trabalho pa chulos mando a cota a merda
Não importa se a cena é remunerada, puto grava
Escusas de perguntar como é que tudo tava
Puto cala-te puto grava
O que eu gravei um dia as ruas dizem
Rimas puras as tuas fingem
Tens que aprender que não ha putas virgens
Acreditas em quê quando duas te pisam?
Ja frisei que tou aqui pa sempre
Tou aqui pa ser
Quando a equipa sente
Duvidas? Acredita mesmo
Tou aqui pa sempre, acredita mesmo

Só quero aumentar os pontos na jogada
Fazer valer os contos que eu fumava
E todos os encontros desta vida cabra
Sair dos escombros com esta sina paga
Diz me la isso assim na cara

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir