Falco A Meta

Sono seduto
su un grattacielo
vedo gli aerei passare
E poi guardo giù
voglio saltare
voglio imparare a volare.
E allora volo via
siamo in viaggio
io e la mente mia
guardami
ho già spiccato il volo
ed ora sono proprio sopra casa tua
Il falco va
senza catene
fugge agli sguardi
sa che conviene
è indifferente
sorvola già
tutte le accuse
boschi e città
io che son falco,
falco a metà.

Sono di nuovo
sul grattacielo
ed ho imparato a volare
se guardo giù
quello che vedo
ora è la gente passare.
E chissà se questo è
il segreto
per vivere con me.
Seduto sul grattacielo
devo stare
in alto come un falco per non farmi catturare.
Ma il falco va
senza catene
fugge agli sguardi
sa che conviene
è indifferente
sorvola già
tutte le accuse
boschi e città.
And so my friends, libera le ali
ogni anima le ha oh oh oh
rubale alla libertà.
And so my friends, libera le ali
ogni anima le ha oh oh oh
rubale alla libertà.
Ma il falco va
senza catene
fugge agli sguardi
sa che conviene
è indifferente
sorvola già
tutte le accuse
boschi e città,
io che son falco,
falco a metà.

Falcão Pela Metade

Eu estou sentado
Em um arranha-céu
Vendo aviões passando
E então eu olho para baixo
Eu quero pular
Eu quero aprender a voar.
E então voar para longe
Viajamos
Eu e minha mente
Olha
Eu já tomei voo
E agora eu estou bem acima da sua porta
O falcão vai
Sem correntes
Foge de vista
Deve saber que
É indiferente
Sobrevoa já
Todas as acusações
Florestas e cidades
Eu que sou falcão,
Falcão pela metade.

Eles estão de volta
No arranha-céus
E eu aprendi a voar
Se eu olhar para baixo
O que eu vejo
Agora, as pessoas vão.
E quem sabe se isso é
O segredo
Para viver comigo.
Sentado no arranha-céus
Eu tenho que estar
No alto como um falcão para evitar que me capturem.
Mas o falcão vai
Sem correntes
Foge de vista
Deve saber que
É indiferente
Sobrevoa já
Todas as acusações
Florestas e cidades.
E assim meus amigos, asas gratuitas
Cada alma tem oh oh oh
Roubar a liberdade.
E assim meus amigos, asas gratuitas
Cada alma tem oh oh oh
Roubar a liberdade.
Mas o falcão vai
Sem correntes
Foge de vista
Deve saber que
É indiferente
Sobrevoa já
Todas as acusações
Florestas e cidades,
Eu que sou falcão,
Falcão pela metade.

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog