Quando sai a primeira cantiga
A morena começa a agitar
Manda um santo pro qüera largadose enbrulhando num só bichara
E não fica nem preocupada
Sai dançando num ritmo só
E a cordeona suspira empolgada
Afogada no meio do pó.

Olha o tranco da morena rebocada de batom
Essa é a mais bonita que agita
Os fandangos de galpão
Lá pela quinta cantiga
Sem espaço pra ela dançar
Vem pra frente do velho gaiteiro
Ridicando do seu requebrar.
Morenaça tão cheia de graça
Luz bendita do velho lampião
Eu queria morena, eu queria
Um naquinho do seu coração.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Bonitinho / Telmo de Lima Freitas · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Bianca
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.