Que Je T'aime

Quand tes cheveux s' étalent
Comme un soleil d' été
Et que ton oreiller
Ressemble aux champs de blé

Quand l'ombre et la lumière
Dessinent sur ton corps
Des montagnes des forêts
Et des îles aux trésors

Que je t'aime, que je t'aime, que je t'aime
Que je t'aime, que je t'aime, que je t'aime!

Quand ta bouche se fait douce
Quand ton corps se fait dur
Quand le ciel de tes yeux
D'un seul coup n'est plus pure

Quand tes mains voudraient bien
Quand tes doigts n'osent pas
Quand ta pudeur dit non
D' une toute petite voix

Que je t'aime, que je t'aime, que je t'aime
Que je t'aime, que je t'aime, que je t'aime!

Quand tu n'te sens plus chatte
Et que tu deviens chienne
Et qu'à l'appel du loup
Tu brises enfin tes chaînes

Quand ton premier soupir
Se finit dans un cri
Quand c'est moi qui dis non
Quand c'est toi qui dit oui

Que je t'aime, que je t'aime, que je t'aime
Que je t'aime, que je t'aime, que je t'aime!

Quand mon corps sur ton corps
Lourd comme un cheval mort
Ne sait pas ne sait plus
S' il existe encore

Quand on a fait l'amour
Comme d'autres font la guerre
Quand c'est moi le soldat
Qui meure et qui la perd

Que je t'aime, que je t'aime, que je t'aime
Que je t'aime, que je t'aime, que je t'aime!

Eu Te Amo

Quando seu cabelo s 'espalhar-se
Como um sol de verão
E seu travesseiro
Semelhante a campos de trigo

Quando a luz e a sombra
Desenhe em seu corpo
Florestas de montanha
E ilhas do tesouro

Eu te amo, eu te amo, eu te amo
Eu te amo, eu te amo, eu te amo!

Quando sua boca é doce
Quando seu corpo é difícil
Quando o céu de seus olhos
De repente não é mais pura

Quando suas mãos adoraria
Quando seus dedos não ousam
Quando sua modéstia diz que não
Na voz uma pequena

Eu te amo, eu te amo, eu te amo
Eu te amo, eu te amo, eu te amo!

Quando você não te sente mais gatinha
E como você se torna cachorra
E na chamada do lobo
Finalmente, você quebra suas correntes

Quando sua primeira respiração
Termina em um grito
Quando é que eu que dizem não
Quando foi você que disse que sim

Eu te amo, eu te amo, eu te amo
Eu te amo, eu te amo, eu te amo!

Quando meu corpo no seu corpo
Pesado como um cavalo morto
Não sei não sabe
Se ainda houver

Quando fizemos amor
Como a guerra outros
Quando eu sou o soldado
Quem morre e quem perde

Eu te amo, eu te amo, eu te amo
Eu te amo, eu te amo, eu te amo!

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Gilles Thibaut / Jean Renard. Essa informação está errada? Nos avise.
Traduzida por simon. Revisão por Mandhy. Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais posts